sábado, 16 de janeiro de 2010

HAITI - O PACTO COM O DIABO


Por Walter Passos
, historiador, panafricanista, afrocentrista, teólogo e membro da COPATZION (Comunidade Pan-Africanista de Tzion).
Pseudônimo: Kefing Foluke.

E-mail: walterpassos21@yahoo.com.br

Msn: kefingfoluke1@hotmail.com

Skype: lindoebano


O terremoto que abalou o Haiti arrasou uma nação predominantemente africana nas Américas, a qual serve de exemplo para todos os africanos que foram colonizados ou escravizados, pela fragilidade econômica e tecnológica de seus países. Presidente do Haiti vê destruição similar a dias de guerra

“Autoridades do Haiti, a nação mais pobre do Ocidente, dizem acreditar que o número de mortos possa chegar a 200 mil mortos, enquanto três quartos da capital precisarão ser reconstruídos. Préval, de 66 anos, que como muitos compatriotas pareceu atordoado com a enormidade da catástrofe, afirmou que não dormiu por dois dias após o terremoto. Ele prefere não dizer quantas pessoas podem ter morrido na tragédia. Questionado sobre quais itens são prioridade - se comida, água, comunicações ou polícia nas ruas -, ele disse: "Todos, meu amigo. Todos.”
http://br.noticias.yahoo.com/s/16012010/48/manchetes-presidente-haiti-ve-destruicao-similar.html

Haiti earthquake aftermath


O histórico de resistência às civilizações cristãs é um marco na história da população preta mundial. O Haiti representa o não a escravidão e a exploração e, por isso juntamente com o Zimbábue na África são “maus exemplos” a dominação econômica, cultural e racial cristã e branca ocidental. Por isso estão no patamar dos países mais pobres do planeta.
A mídia eurocêntrica em um momento tão grave e de solidariedade ainda ataca o Haiti, tire suas próprias conclusões assistindo Arnaldo Jabor falando sobre a situação . Lamentável!!!

Arnaldo Jabor fala sobre a situação do Haiti - 13/01/10


Sobre o movimento de resistência e libertação no Haiti leia o nosso artigo: A REVOLTA DE ZAMBA BOUKMAN: O OGAN QUILOMBOLA

Em 1988, estive na cidade Colón no Panamá em um encontro de Teologia e conheci três pessoas bem interessantes, uma jovem preta dominicana e dois haitianos, sendo um deles, católico e outro praticante de religião de matriz africana. A dominicana falava bem o português porque tinha passado um período em São Paulo e tentava me convencer que eu não era negro, eu era diferente dos haitianos, eles eram negros e nós, a dominicana, os negros de outros países e eu não éramos negros. A discriminação dos dominicanos contra os haitianos é um fato ainda não digerido por mim, como o colonizador conseguiu nos dividir de uma forma tão violenta, africanos seqüestrados.
O haitiano católico também discriminava o outro haitiano por dizer ser o mesmo de origem bantu e afirmar que os negros que praticavam o “vodu bantu” eram os mais ignorantes de todo o Haiti. O que muitos chamam de vodu ou vodu haitiano é uma versão de cerca de tradições religiosas do que é agora o Benin, Togo, Nigéria e Congo. Há uma elite formada de pessoas mais claras, os mestiços e brancos, demonstrando um muro racial dentro da comunidade haitiana. Inclusive a declaração do cônsul geral do Haiti em São Paulo, George Samuel Antoine, gerou protestos de diversas organizações:

DESGRAÇA NO HAITI ESTÁ SENDO BOA PARA NÓS AQUI E FOI CULPA DA MACUMBA, DIZ CÔNSUL NO BRASIL

Estes fatos nos trazem a reflexão do racismo e intolerância com o povo haitiano, vítima de um desastre natural ocorrido, o qual não sabe das conseqüências trágicas que ainda ocorrerão no nível de endemias, e outras mazelas.Além disso, líderes religiosos aproveitam o desastre para divulgar ideologias racistas contra o povo preto no planeta, como se eles não fossem descendentes diretos dos algozes da população haitiana e de toda população outrora escravizada, onde seus ancestres através da guerra fizeram prisioneiros, para serem vítimas da exploração econômica nas Américas e herdeira da pobreza, da intolerância e de todas outras formas de violência, até os dias atuais:


O evangélico americano Pat Robertson, que anima um programa de TV, lançou uma polêmica nos Estados Unidos ao explicar que o terremoto que arrasou Porto Príncipe seria a consequência de um "pacto com o Diabo" selado pelos haitianos há dois séculos para se livrar dos franceses. "Eles se reuniram e selaram um pacto com o Diabo. Disseram a ele: 'serviremos a você se nos livrar dos franceses'. A história é verdadeira. E o Diabo respondeu: 'está certo'", relatou Pat Robertson, 80 anos, que foi candidato às primárias republicanas para a eleição presidencial de 1988. "Desde então, eles são vítimas de uma série de maldições", afirmou o evangélico, comparando a situação no Haiti com a do país vizinho, a República Dominicana, relativamente próspera.”

Declaração do Pastor Pat Robertson sobre pacto demoníaco feito pelo Haiti:

O tele-evangelista Pat Robertson exprime a idéia da maioria dos protestantes históricos no Brasil: Batistas, Presbiterianos, Metodistas, Anglicanos, Luteranos, das igrejas pentecostais e neopentecostais. Ele fala diretamente ao subconsciente de milhões de “evangélicos” que entendem que a prosperidade financeira é uma benção de Deus, por isso, o crescimento da Teologia da Prosperidade.

Pat Robertson é herdeiro do preconceito de uma sociedade sulista norte-americana que linchava e enforcava negros e descaradamente iam para as igrejas batistas, presbiterianas, anglicanas, pentecostais e outras aos sábados e domingos louvar e cantar ao Deus Cristão. Destas igrejas que vieram os missionários para o Brasil “evangelizar” e alienar os negros, que se tornaram os que mais odeiam a sua ancestralidade africana e se tornaram pessoas sem identidade, os quais se espelham na identidade do opressor cristão branco que os evangelizou. Pat Robertson e as igrejas que fazem missão no Haiti continuam a agredir e disseminar como lobos vestidos de ovelhas o racismo anti-preto. Os batistas brasileiros reforçam a idéia de Pat Robertson, neste artigo:

Batistas: Por um novo Haiti Por Marcia Pinheiro

“Desde 2008 os batistas brasileiros estão presentes no Haiti através de missionários da própria terra, conveniados com Missões Mundiais. Atualmente são 11 obreiros que trabalham na plantação de igrejas, evangelização, formação de liderança e em projetos sociais. Eles trabalham para mostrar o amor e a misericórdia do verdadeiro Deus àquela população que, em sua maioria, vive na mais profunda pobreza material, mergulhada na idolatria e feitiçaria, e escravizada pela prática do vodu.”

http://www.vigiai.net/news.php?readmore=788

Inclusive é engraçado a IURD falar aos quatro ventos de tanto poder que possui que os seus pastores e familiares no Haiti não foram atingidos pelo terremoto e nem o templo destruído. O Poder está na IURD. Imagine o resultado como mensagem poderosa a milhões de pretos que seguem essa igreja e demonizam os africanos e afro-diásporicos?

DEUS GUARDA, OS QUE GUARDAM A SUA PALAVRA !

“Os pastores e membros da Igreja Universal do Reino de Deus no Haiti não foram atingidos pelo terremoto que abalou a capital do país, o Universal.org apurou hoje. Os pastores Pedro e Marciano, encarregados do trabalho da Igreja no Haiti, confirmaram que todos os pastores e suas famílias estão bem, e até agora não houve registro de vítimas entre os membros da igreja. O edifício da IURD sofreu poucos danos, apenas uma parede rachada.”
http://www.movimentouniversal.com.br/terremoto-no-haiti-nao-atinge-membros-da-iurd%E2%80%8F/

O que está acontecendo na Comunidade Estudantes da Bíblia:
estudantesdebiblia@yahoogrupos.com.br


Ai de Ti, Haiti!


"Deus é soberano e justo, perdoa quem Ele quer perdoar e castiga quem Ele quer castigar (Romanos 9:15-16). E quem somos nós para censurarmos o que Ele faz ou deixa de fazer? (Romanos 9:20).

O mundo inteiro está sob a Sua ira santa e se Ele ainda não descarregou os Seus castigos sobre o Brasil, por causa da idolatria, da imoralidade e da incredulidade que tem grassado aqui (inclusive em algumas igrejas ditas evangélicas), é porque tem sido misericordioso demais com este país.

Lamento e até tenho chorado, emocionada, ao ver as manchetes que a TV tem apresentado sobre a enorme catástrofe que se abateu sobre o Haiti, mas os crentes bíblicos já podiam esperar que isto acontecesse, a qualquer momento, pois além da situação geográfica muito perigosa, o país tem se dedicado à prática do voodoo, há mais de 200 anos. Isto significa que Satanás e não o Senhor Jesus Cristo é o “deus” adorado naquele país pobre e atrasado.

Cada vez que eu lia um texto escrito por missionários batistas americanos, mostrando a adoração que o povo daquele país tem feito aos demônios, ficava me indagando até quando Deus iria suportar tanta iniquidade religiosa, antes de despejar a Sua ira sobre aquele povo infeliz. Deus é tão bondoso e paciente que suportou tudo, por muitas décadas, e somente agora resolveu agir. Isto porque, provavelmente, o Seu Filho está preste a regressar à Terra e o Pai está começando a purificar o que há de pior na mesma.

Nós, os crentes, devemos nos acautelar e seguir os mandamentos de Sua Palavra, pela qual seremos julgados, pois, conforme lemos na 1 Pedro 4:17, “Já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus”... E, com tantos crentes rebolando dentro das igrejas “animadas”, nesta cidade serrana, poderemos ser os primeiros a sentir o peso do castigo divino.

Certa vez, um engenheiro me contou que Teresópolis foi construída sobre um pântano (não sei se é verdade) e que, um dia, todo o seu chão de concreto poderá explodir, se forem dadas descargas sanitárias de uma só vez. Isto me deixou apavorada!

Voltando ao assunto do Haiti, vejamos abaixo as colocações de um irmão (batista) muito sábio e querido, moysesmagno@ hotmail.com sobre o assunto:

1. O Haiti foi dedicado ao "voodoo", em 1791.

2. O "voodoo" é uma mistura de espiritismo africano e bruxaria.
3. O presidente Jean-Bertrand Aristide, em 1991, REDEDICOU o país ao "voodoo". Ele foi deposto, logo após.

4. 75% dos haitianos professam o "voodoo" , junto com os católicos romanos.
5. A padroeira dos romanistas é a "sra. do perpétuo socorro" (Vade retro!).
6. Os evangélicos,com aproximadamente 20% de presença,são,até ,perseguidos por pregarem a Verdade.

"Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo que ele escolheu para sua herança" (Salmo 33.12).

"Não erreis: deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará" (Gálatas 6.7).

Mary Schultze, 16/01/2010 – www.maryschultze.com "

É deveras interessante o artigo escrito pelo Pastor metodista Zé Do Egito que em um trecho diz:

“Concluo, dizendo que: Minha leitura bíblica me diz que o demônio escraviza, mostrando-me que, ele veio para roubar, matar e destruir. Com base nesse meu pensar eu gostaria de lembrar ao Cônsul, ao Pat Robertson e a outros que pensem iguais a eles, que, quem praticou roubos, morticínios e destruições de culturas e civilizações inteiras com maior eficácia e freqüência foram os chamados colonizadores europeus.

Além desse lembrete, deixo as seguintes indagações:

Se o diabo veio para roubar, matar e destruir: qual o espírito que movia a cristandade nas Cruzadas, inquisições, colonizações e outas atitudes que mataram a milhares de pessoas?

Sendo assim, quem mais se aproxima mais de ligações com o diabo? Os dominados, ou seus dominadores?”

http://brasilmetodista.ning.com/profiles/blogs/indagacoes-de-um

A ajuda humanitária dos países ocidentais não é 0,1% do que foi e é subtraído dos países africanos na invasão, colonização, escravidão, neo-colonialismo e atual exploração da África e nem da apropriação da mão-de-obra escravizada que passaram os africanos no Haiti e nas Américas.

Estamos caminhando para a grande festa brasileira do carnaval daqui a alguns dias e torna-se necessário que as “lideranças do Movimento Negro” possam mobilizar as organizações em uma grande campanha pan-africana de solidariedade aos nossos irmãos haitianos. Já há organizações que estão se mobilizando. As grandes escolas de samba que gastam milhões para se apresentarem deveriam abrir os seus barracões para receberem pelo menos um litro de água potável, neste momento de sofrimento, desespero, sede, fome e luto dos nossos irmãos e irmãs haitianos.

Os negros do cristianismo que ofertam milhões de reais diariamente e mensalmente nas igrejas católicas e evangélicas possam doar em suas igrejas, pelo menos uma garrafa de água mineral. Não são somente nossos irmãos por serem seres humanos. São nossos irmãos e irmãs por serem oriundos da Mãe-Africa.

Milhares de mortos estão ainda nas ruas de Porto Príncipe e você o que estás fazendo para ajudar os sobreviventes haitianos?



38 comentários:

Paulo Rogério disse...

Walter,

Muito bom artigo. Estamos nessa corrente pela solideriedadeo ao Haiti. Aquele país representa muito para nós pretos em todo o mundo.

Colocamos algumas notícias lá no Correio Nagô
www.correionago.ning.com

Paulo Rogério

Anderson "Thug" disse...

Muito bom artigo irmao kefing...

Akil Nassor disse...

Quero fazer minhas as palavras do Pr. Metodista em relação ao opressor e ao oprimido e deixar bem claro que a tentativa do homem branco em continuar oprimindo o povo preto(Os filhos de Yahoshua)é notório, afinal, tanto o consul quanto o apresentador de TV são brancos e levando vantagens sociais sobre os pretos haitianos por isso ficam de lero lero.
Mais fica também bem claro aqui que ambos estão buscando explicar o que não tem explicação,porque essa é uma tentativa covarde de se cobrirem da vergonha de serem os verdadeiros opressores e isso ainda hoje.
Que cada preto e preta no globo seja solidário aos irmãos do Haiti.
Parabéns pelo Artigo.

INSD Forever disse...

É interessante como a falta de conhecimento faz com que pessoas vão falar abertamente e até com autoridade das aflições, essas mesmas aflições que qualquer um crente em Cristo Jesus pode passar. Já passou da hora de ter atitude de amor para com as nações abaixo da linha da miséria. Infelizmente muitos de nós negros nem mesmo se dá ao trabalho de se informar sobre sua origem e ousar no seu futuro.

Anônimo disse...

Eu acredito seriamente no que o Pastor Pat Robertson disse, o povo de lá é muito pobre e ainda acontece isso por lá, deve haver ali uma maldiçção hereditaria, e o que o pastor disse faz sentido.
Mas todos devemos ajudar.

negobrown disse...

terrivel, lamentavel talvez haja uma maldicao sobre esse povo que foi um dos primeiros a abolir a escravidao,ou pelo deuses cultuados por esses povo ou por seus politicus imorais... sei la essas hora todos sao apontados como culpados...essa fome essa miseria ...e isso...

Amenhotep disse...

Shalom,Shalom!


O Diabo veio para roubar, matar e destruir e é por isso que fomos sequestrados pelos brancos, tivemos nossas terras usurpadas na África pelos brancos e somos diariamente destruidos pelos brancos em Babilônia ( países dominados pelos brancos).
O "consul" do Haiti parece não ter estudado história pois desconhece que todo o seu SER é de origem africana, pense ele ser branco ou não. Todos os povos são afro-descendentes.
O africano não tem maldição. Isto é um mito criado pelos brancos
baseados nos Hebreus que criaram mais um mito: o da maldição de Canaan, como uma forma de justificar a invasão da terra de Canaan. Na antiguidade, amaldiçoar um povo era uma estratégia do dominador de subjulgar os mesmos, o que os brancos fazem até hoje.
Ora: como Deus poderia amaldiçoar o africano, se o mundo foi justamente criado lá e só havia negro no mundo de então? A própria palavra negro que significa
DEUS ( Netger) na língua do Antigo Kemet ( Egito). Negro é bênção!
Ele,o "Cônsul", certamente fala em nome da Sinagoga de Satan:
A Igreja branca européia roubada dos africanos hebráicos por Roma.
O Cristianismo original,africa
no tinha como principal caracterís-tica a tolerância. O " Cristianismo" europeu tem como principal característica a intolerância.

Amenhotep disse...

Shalom,

A história da criação do homem e da mulher ( Adão e Eva), já era bem conhecida pelos povos africanos e mesopotâmicos, haja vista esta história ter sido divuilgada pelas Escolas de Mistérios localizadas em Creta, Jônia, India,Palestina, Itália, todas elas subordinadas a Matriz Principal: Escola de Mistério de Waset ( Luxor, Tebas, Ipet Isut) em um país negro africano conhenhecido como Kemet ( Egito).
O Mito da maldição de Canaan, e não dos africanos, foi introduzido na bíblia pelos hebreus no momento em que invadian Canaan como justificativa para a usurpação de suas terras e do HOLOCAUSTO inflingido a estes.
A Igreja branca Racista européia( Sinagoga de Satanás) modificou este mito em seu proveito, passando a dizer que toda a África e os seus descendentes são amalçoados.
Ora: Os brancos não são,também,
descendentes dos africanos? A sua Igreja não vive a dizer que Deus é amor?

José Ricardo disse...

Muito boa a visão geral de como as religiões racistas se posiconam sobre o Haiti, seguem a linha de coerência com a qual se posicionam no Brasil, especialmente sobre a questão social. Os pobres não crentes, não cristãos estão condenados ao inferno. Posição que dá a dimensão política interessante para nossos dilemas e desigualdades sociais.

Amenhotep disse...

Shalom,


Enquanto afro-centrista, proponho uma discussão franca e leal sobre
o tema: A BIBLIA: MITOS E ENDAS.Uma rediscussão sobre o Jesus históri -co, negro e revolucionário, no con- texto da dominação branca de Roma, e o Jesus mitológico criado pelos brancos a partir do Conselho de Niceia , no ano 325, sob a influên- cia de Roma.
É chegada a hora de nós, verdadei-ros hebreus reestabelecermos a ver-
dade sobre os nossos antepassados africanos.
Uma rediscussão do percurso de nossa gente desde Ur dos Caldeus até as Americas de hoje.

Shalom!

Amenhotep disse...

Shalom,


Vale a pena lembrar que na branca Itália, jaz uma cidade chamada Pompeia coberta pelo fogo e o enxofre do vulcão Vesuvio, após um terremoto devastador. O " Cônzul" racista do Haiti , certamente nem a sós teria coragem de chamar os brancos italianos de amaldiçoados e muito menos dizer que o branco tem maldição, apesar das guerras mundiais e tantas atrocidades cometidas por eles.

Anônimo disse...

O demonio não é o povo do Haiti . O cristianismo só serve para enganar e mentir e muitos negros imbecis vão para as igrejas e ouvem essas besteiras de pastores e ainda os chamam de irmãos.

Nannão disse...

Lamentável. Tais atitudes mostram que com o opressor não há conversa.

farao disse...

Olha eu não tenho palavras pelas senas que vi aqui no blog e prá falar a verdade já não tenho paciencia com racista ignorântes como estes que surgem na TV e não escondem que são TO CANSADO MESMO deste povo ,o que me da mais odio desculpe o termo mas sou humano , e que estas tralhas vão prega a palavra de Yeshua para alienar o nosso povo ,olha to cansado mesmo .

Anônimo disse...

A imagem me bateu e rebateu no coração. Sou mae e tive um de meus amados filhinhos levado pela irmã morte na sua mais tenra juventude. Ele morreu por uma doença e eu quase morri junto dele. Imagino eu agora as mães desse pequeninos corpos inertes amontoados e sujos. Como esta esses coraçoes? Estou chorando e sei que chorarei ainda muito, pois me sinto mãe de cada um deles. Que pena de nossos pekeninos, que vontade de tomá-los nos braços e pedir a Olorum que os traga de volta para o seio de suas mães...quanta dor meu Deus!!! O coração dessas mulheres estão despadaçados pela dor e ainda tem pessoas que tem coragem de falar tais coisas? Em que mundo estamos?
Aaaaa Senhor nosso Pai, tende misericordia de nós!... Maria negra de Aparecida, roga por nós e console essas mães por favor, em nome de Jesus. Vc que teve seu filho morto em seus braços também...Amém.
Anaafro--Gov. Valadares- M.G

Anônimo disse...

Eu...sei q o Deus de Abraao de Isaque, Jaco eh um Deus de Amor...e misericordia, veio para todos aqueles que o aceitarem de todo coracao, independente do que foi feito no passado,de raca...de qualquer coisa.... eu sei q em nome de Jesus todas as maldicoes sao quebradas, q ha poder no sangue de Jesus, eh nisso que creio...entao dentro da minha visao Jesus morreu em uma cruz pra resgatar aquele q se havia perdido...nos pecadores....

Por isso que eu digo, Jesus nao veio pra condenacao e sim para dar vida em abundancia....eh isso que Jesus tem para aqueles q decidem o servi-lo de todo coracao....sem condenacao....

JULIANA AYRES disse...

Pq vc quer colocar panos quentes na religião dos haitianos?

Parece que vc quer dizer que o fato de a maioria (segundo as estatisticas)adorar a satanás não é nada. Ta parecendo discurso do ecumenismo.

De qqr forma, é idiotice ficarmos falando q isso aconteceu por causa da religião deles. Ninguém sabe ao certo pq Deus permitiu....

Assim como ninguém sabe pq Deus permite q muitos missionários (sejam brancos ou negros) morram em campo.

Temos que orar pelas nações que não tem, em sua totalidade, Deus como único Senhor e Salvador, sendo brancos ou negros.

Vcs são racistas e idólatras, pq criaram um Jesus negro q só existe na cabeça de vocês. Chega a ser ridículo.

Isso é idolatria! Vcs idolatram outro Deus, não Jesus.

Não conseguem digerir que o Deus de vocês é branco e que escolheu um povo BRANCO (judeus).

OBS: Sou negra!

OBS 2: JÁ PEDI PARA ME TIRAREM DA LISTA DE VCS! NÃO QUERO MAIS RECEBER MENSAGENS DE VCS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Essa tal de Juliana é uma negra contaminada pelo cristianismo. O autor do artigo relata fatos e ela não aceita. Deus tenha piedade dessa alma perdida.Pois é, ela é um exemplo da alienação mental que as igrejas conseguem com os negros, ficou bem vísivel no depoimento dela se tornou inimiga de si mesma.

Anônimo disse...

O que criançinhas como essas tem a ver com a pobreza de um povo rebelde,são anjos,mortas parecem anjos,Deus as levou para não se tornarem como os milhares de adultos que lá existem.Precisamos orar pra que Deus quebre alguma maldição que existe naquele pais,discussão,palavras dificeis não vai dar a lugar algum,glória a Deus pela morte rápida daquelas crianças,porque não vão precisar viver sofrendo como muitos adultos sofreram até aqui naquele pais,que seja feita a vontade de Deus naquele Pais,minha oração é que o Jesus verdadeiro que a biblia verdadeira descreve,através de pessoas verdadeiramentes convertidas ao cristianismo entre naquele lugar e faça uma grande transformação,como aquele terremoto,mas,sim,para viverem uma transformação maravilhosa que só a presença de Jesus é capaz de fazer.
Jesus ele é o caminho a verdade e a vida ninguem vai a Deus a não ser por ele.João 14-6.
Ouve-se muitos comentários,palavras bonitas,mas de pessoas mentirosas,que se dizem chocadas com o que aconteceu,mas que na verdade,o seu deus são seus estomagos,vivem para satisfazerem seus egos miseráveis,voce se acha Cristão ?se sentiu impactado com aquelas crianças mortas ?
não minta pra voce mesmo,só tendo Jesus dentro de si,pra entender,esse sentimento de amar,Que Deus tenha misericórdia de nossas vidas,dizemos que servimos a Deus,mas quando passamos por uma provinha,já mormuramos,e nos questionamos contra Deus,somos ´pó do pó,o que um barro vai dizer para o seu criador ? de seus defeitos ?
Viva o melhor da sua vida,viva com excelencia,fuja da mediocridade,porque do pó viemos e pro pó voltaremos.
Mauro Jr.

Anônimo disse...

O que criançinhas como essas tem a ver com a pobreza de um povo rebelde,são anjos,mortas parecem anjos,Deus as levou para não se tornarem como os milhares de adultos que lá existem.Precisamos orar pra que Deus quebre alguma maldição que existe naquele pais,discussão,palavras dificeis não vai dar a lugar algum,glória a Deus pela morte rápida daquelas crianças,porque não vão precisar viver sofrendo como muitos adultos sofreram até aqui naquele pais,que seja feita a vontade de Deus naquele Pais,minha oração é que o Jesus verdadeiro que a biblia verdadeira descreve,através de pessoas verdadeiramentes convertidas ao cristianismo entre naquele lugar e faça uma grande transformação,como aquele terremoto,mas,sim,para viverem uma transformação maravilhosa que só a presença de Jesus é capaz de fazer.
Jesus ele é o caminho a verdade e a vida ninguem vai a Deus a não ser por ele.João 14-6.
Ouve-se muitos comentários,palavras bonitas,mas de pessoas mentirosas,que se dizem chocadas com o que aconteceu,mas que na verdade,o seu deus são seus estomagos,vivem para satisfazerem seus egos miseráveis,voce se acha Cristão ?se sentiu impactado com aquelas crianças mortas ?
não minta pra voce mesmo,só tendo Jesus dentro de si,pra entender,esse sentimento de amar,Que Deus tenha misericórdia de nossas vidas,dizemos que servimos a Deus,mas quando passamos por uma provinha,já mormuramos,e nos questionamos contra Deus,somos ´pó do pó,o que um barro vai dizer para o seu criador ? de seus defeitos ?
Viva o melhor da sua vida,viva com excelencia,fuja da mediocridade,porque do pó viemos e pro pó voltaremos.
Mauro Jr.

Anônimo disse...

Era se esperar que para um povo que nao tem respeito a sua propria religião fica muito dificil respeitar a dos outros...
Então eu os pergunto: Ja que Satanás(ja que voces denominam assim todos que não seguem suas mentes doentis) não tem poder nenhum sobre o povo "ungido e remido por Deus"então porque atacam tudo e todos?Isso é medo compulsivo viu?!
Em vez de entrarem num templo e temerem o que DEUS pode fazer com vocês porque não procuram AMA-LO ???


Ass:Ya Kekere Handjara D´Songò

Ricardo disse...

gostei do artigo pois nos ofereceu um outro ponto de vista para refletirmos sobre o Haiti e a situação do negro no mundo. Quero dizer também q concordo com alguns pontos de vista do jabour sobre a situação do país Haiti, realmente por conseguirem sua independencia antes de outras nações, o Haiti sofreu vários embargos de paises desenvolvidos e conflitos internos onde houve vários problemas socias para ver quem liderava o pais, e para mim o grande problema é a religião, uma população sem cultura e que vive a mercê somente da religião(qualquer religião) regendo suas vidas, para mim, é um problema.

. disse...

Eu gostaria de entender uma coisa simples: Se deus é UNO pq este blog atenta, a toda hora, para a cor da pele???

No Cristinaismo há negros e brancos, tanto no catolicismo como nas religiões protestantes ou neo-protestantes, assim como há brancos e negros nas religiões de matriz africana.

Querem quantos exemplos de pais e mães de santo brancos, na Bahia em São Paulo ou no Rio Grande do Sul? Ou padres e pastores negros em diversos lugares?

Sei que há um intenso debate em torno da herança cultural, seja negra ou branca, mas querer encontrar no cristinismo europeu uma raiz negra - aliás o egito faz parte da chamada "africa branca" - é a mesma coisa que buscar no culto aos orixás uma raiz branca.

Jesus não foi branco nem preto, era judeu ou árabe, e árabe ou judeu é classificado em qual cor???

Se foi judeu era branco queimado pelo sol da palestina, mas se foi árabe qual cor ele era?

Se um árabe chega aos EUA, ele é branco, preto, amarelo ou pardo???
ELE É ÁRABE!!!

Lutar contra o eurocentrismo na cristandade é uma coisa. Repetir o que o eurocentrismo faz e mudar o nome para afrocentrismo não muda nada! Só gera mais discordia e intolerância... O que nos daria a certeza de pacificação se o mundo fosse afrocentrista e não eurocentrista? NADA!

Não quero escolher ditaduras, quero liberdade! Pelo que vejo o discurso de vcs está longe disso.

asé

APOCALIPSE disse...

FOI DEUS SIM QUE INTERVIU NO HAITI,MAS NÃO FOI PARA CASTIGAR E SIM TRAZER MUDANÇAS.
EU SEI O QUE DIGO,POR QUE ENQUANTO MUITOS AQUI PERDEM TEMPO LAMENTANDO E CHORAMINGANDO O QUE OCORREU NO PASSADO COM OS PRETOS,EU ESTOU TRABALHANDO AO LADO DO TODO PODEROSO POR SUA RESTAURAÇÃO TANTO ESPIRITUAL QUANTO MATERIAL.
DEUS OPERA COMO QUER E LHE APROUVE OPERAR DESTA MANEIRA NO HAITI.

COM OU SEM AJUDA HUMANITÁRIA O HAITI SERÁ LEVANTADO,POR QUE ASSIM DETERMINOU O DEUS DE TODA TERRA!

Bete disse...

Muita tempestade e indignação com as palavras ditas por uma ou duas pessoas que logo logo terão seu devido julgamento Divino.

***

O que mais me deixa feliz é que as igrejas cristãs são as que mais enviaram (e estão enviando) ajuda ao Haiti. Os Países oficialmente evangélicos são os que mais se mobilizaram para ajudar. Os verdadeiros cristãos não falam asneiras, agem!!!

Graças a Deus, temos um presidente com sensibilidade e atitude solidária e cristã que está completamente envolvido com a ajuda antes mesmo do pior acontecer.

E eu pergunto:
Onde estão os líderes defensores das religiões dos haitianos no Brasil e no mundo? Cadê seu socorro aos seus irmãos de fé?
Estão só no blá blá blá?
Como eu gostaria que os negros brasileiros suspendessem o Carnaval (festa dita afro), que não desfilasse nenhuma escola de samba (rítmo afro) ou bloco, em respeito e luto às vítimas do Haiti e que enviassem todo dinheiro das fantasias, alegorias, instrumentos, abadás, etc.etc.etc. para a reconstrução daquele país. Ah! mas aí já seria pedir demais, né?
Querer defender rituais que não trouxeram (nem trazem) benefício nenhum ao povo negro é uma coisa, agora, mexer na festa alienante do "pão e circo" (pra não dizer outra coisa) é fora de cogitação!!! kkkkk
Então não sejam demagogos!
Não sejam hipócritas!

Na hora da catrástrofe, da aflição, do tormento, do fundo do poço, podemos sempre contar com cristãos para ajudar...e é o próprio Amor em Cristo que permeia toda e qualquer atitude caridosa.
NÃO HÁ COMO FUGIR DESSA VERDADE OU NEGÁ-LA

O Haiti vai se lavantar com a graça e misericórdia de Deus!

E aqueles que se foram, já deram seu último suspiro em alívio... e podemos ter a certeza de que o Senhor não leverá em conta a cegueira e a ignorância espiritual.

. disse...

Cara Bete (autora do útimo POst),

Infelizmente vc nunca estudou os cultos africanos, principalmente o culto aos orisás. Pois saberia que o princípio norteador deste culto é a divisão social em pequenas sociedades não hierárquicas entre si, que no Brasil se reproduziu em torno dos terreiros de candondblé.

Dentro da lógica de pequenas sociedades característica do culto aos orisás, lhe pergunto: Como os inúmeros (pois o senso não consegue mapear qto são*)adeptos do candomblé brasileiro podem ajudar ao Haiti?


Dentro da lógica própria de conceber o mundo do candomblé não há como ajudar de forma material o povo haitiano como as potêncial hierarquizadas e cheias de dinheiro cristãs estão fazendo!

Não há como comparar a religião de culto aos orisás com a religião cristã, principalmente de matriz romana.

A tradição cristã possui uma noção de verdade universal, a qual todos devem se curvar, querendo ou não! A Lógica do culto aos orisás não segue este processo.

A base do culto ao Orisá é a diversidade, tanto que o candomblé aceita homossexuais, heterossexuais, brancos, negros, prostitutas, mulheres "de família", ladrões, homens "trabalhadores" e tantos outros tipos sociais!!!

Infelizmente, vc (Bete) opera dentro da própria lógica que defende, ou seja, não busca compreender o ponto de vista da outra religião para poder criticá-la!!! Não seria esta a base do comentário do Cônsul do Haiti. Segue:

"'Acho que, de tanto mexer com macumba, não sei o que é aquilo... O africano em si tem maldição."

Exato! Você não conhece e critica, dizendo que é coisa ruim algo que vc não sabe "o que é aquilo".

Falta-lhe fundamento!

Asé

*O senso não cosegue mapear os adeptos do candomblé no Brasil por diversos motivos, dentre eles o mais visível gira em torno do constrangimento social que os adeptos declarados desta forma religiosa recebem.
Infelizmente a intolerância religiosa como a sua (Bete) e do Cônsul do Haiti ainda são comuns na sociedade brasileira, e pelo que vejo, na Haitiana também.

Bete disse...

Colega "." que não se identificou e dirigiu seu post a mim:

Sei exatamente do que estou falando. Tenho 42 anos e 30 desses anos fui participante do candomblé e umbanda, por influência puramente familiar, apesar de todos se autodeclararem católicos, como aliás, a maioria dos afrodescendentes.

Graças a Deus, muitos de nós hoje estamos procurando autodefinições mais objetivas e positivas para nossas vidas por nossa própria vontade, afinidade, caratér, etc.
Liberdade de escolha é isso! rs
***

Colega me diga: Qual o negro (afrodescendente) que nunca ouviu asneiras como essas desde a hora em que veio para este mundo? Dos amiguinhos da vizinhança, nas escolas, no trabalho, e nas mais diversas relações sociais?
Ah! Desculpe, vc não passou por isso, então meu fundamento epitelial e empírico é bem significativo, não acha?
É lógico que este cônsul deve ser criticado, mas esquecido em seguida como todos aqueles que "nós" deixamos se envenenar com seu próprio veneno. E não pode ser motivo para nós negros, nos hostilizarmos.
***

Posso dizer por minha vida e pelos 30 anos espirituais praticamente jogados fora, mas restituídos (rs):
Não tem nem comparação do antes e depois, do que o novo Caminho trouxe para minha vida em termos de consciência de mim como indivíduo, como ser social, como negra afrodescendente, consciência da minha vida material, intelectual, espiritual e pós vida (ou vida eterna rs). Nada se compara aos aprendizados que obtive nesses 12 anos, comparados aos 20 anteriores.
Mas cada um que escolha de acordo com sua autoestima que achar melhor para si.
***

Por incrível que pareça, sou muito mais perseguida e criticada hoje por ser assumidamente cristã/evangélica/protestante, do que quando era do candomblé ou umbanda ou "católica". E amo minha liberdade de escolha e Caminho que escolhi! rs

Por causa de algumas pessoas todos os cristãos acabam pagando?
Como, aliás, está descrito em alguns posts acima e os quais respondi quando postei (acima tbm rs). É para isso este espaço? Acredito que não. Tem gente que quer descontar o que uma pessoa diz e faz, naqueles que realmente seguem o cristianismo passo a passo...Isso é inadimissível!
Julgar todos os cristãos pela barbaridade que um diz é o mesmo preconceito de julgar toda uma etnia, porque um membro dessa etnia te maltratou ou porque criou-se um preconceito contra ela. Afinal, não é isso que nós queremos combater?

A imensa maioria dos cristãos é de pessoas idôneas, que procura melhorar como "ser humano" (ou seres humanos) dia após dia, em sua conduta e comportamento. Por isso nas mais pequenas questões podemos sempre contar com eles o auxílio deles SIM.


TODO AMOR AO PRÍXIMO, SEM AMARRAS, SEM INTERESSES PESSOAIS (COMO O PRÓPRIO CRISTO EXEMPLIFICOU), TEM FUNDAMENTOS NOS SEUS ENSINAMENTOS E ISSO POR SI JÁ É O BASTANTE.

:]

Bete disse...

TODO AMOR AO PRÓXIMO, SEM AMARRAS, SEM INTERESSES PESSOAIS (COMO O PRÓPRIO CRISTO EXEMPLIFICOU), TEM FUNDAMENTOS NOS SEUS ENSINAMENTOS E ISSO POR SI JÁ É O BASTANTE.

:]

jdamacena disse...

Muito Interessante. Parabéns pelo trabalho. Infelizmente aqueles Paises invasores do Haiti, como: França e Estados Unidos não foram tachados por Jabour como sendo os algoses do poder cercados de criminosos, qualquer um perceberia o teor discriminatório da crônica. O Brasil pode até ter desenpenhado um bom papel em defesa das vítimas, mas oque nos deixa perplexo diante da telinha, é a falta da presença de oficias negros no Exêrcito brasileiro. Chega a ser vergonhoso para uma nação onde a metade da população é negra e somente catastrofe como essa pra gente se surpriender com o quanto esse País ainda tem de discriminação nas Forças Armadas.

Jesu Damacena
http://www.jdamacena-e-negocio.blogspt.com

. disse...

Bete,

Você se baseou na generalização que eu fiz para defender o cristianismo do tipo romano, correto?

Então pq vc acha que sua experiência pessoal pode ser generalizada a ponto de vc aceitar que a umbanda e o Candomblé são religiões de "atraso espiritual"?

Eis uma generalização absurda!

Você se contradiz... Diz que sofre de intolerância e a pratica. Depois ainda afirma que cada um tem o direito de liberdade religiosa.

Eu acredito neste direito e o coloco em prática. Vc acredita nele e faz o contrário.

Crítico e continuarei criticando o universalismo catequizante do pensamento cristão! Me explique a liberdade religiosa que este fundamento promove que eu começarei a defendê-lo?

Minha genralização cristã é esta: O universalismo catequizante cristão ("IDE LEVAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA") fomentou o Cônsul Haitiano a dizer as asneiras dele e te fomenta a se contradizer, promovendo a intolerância religiosa!!!

asè

PS: Claro que eu me identifico! Minha foto está disponível, assim como o acesso ao meu perfil e meu respectivo Blog.

Bete disse...

"." com foto (rs):

Não é somente minha experiência pessoal, mas de toda minha família e conhecidos que resolveram trilhar outro Caminho, graças a Deus. Repito: não acrescentou e nem acrescenta nada, entenda como quiser!

E, além disso, tenho todo o direito de me expressar neste espaço. Assim como todos aqui.

Se isso não te agradar, paciência. Não voltarei atrás na minha opinião por isso.

Critique, critique o cristianismo, critique o que quizer, critique os europeus, me critique... exerça sua liberdade de expressão. rs

Ainda assim lhe desejo as bençãos de Deus!

Quando falei em perseguição não me referi a vc, nem te conheço. Trago para este espaço opiniões que desejo compartilhar e espero que tenha interesse para alguém.

Assim como vc teve oportunidade e direito de se manifestar, eu tbm o tenho.

Repito tbm que se fôssemos mesmo solidários com nosso povo preto, suspenderíamos/boicotaríamos o Carnaval em respeito e luto aos haitianos.

Eu, de minha parte, estou em luto e oração.

E amo o Caminho que escolhi a ponto de querer partilhar este BEM com todos os seres.

A paz de Cristo.

G.S. disse...

"Posso nao concordar com o que dizes, mas lutarei até a morte pelo seu direito dizê-lo"

Voltaire

Bete disse...

Recebi de um Vereador aqui de São Paulo envolvido com Políticas Públicas Afro, um documentário chamado "O que se passa no Haiti!", eleborado quatro anos antes do Terremoto.
Fica a dica, mas é preciso ser forte, porque as cenas são bem piores que as mostradas nesta última tragédia.

***************

Eu tenho um sonho "surreal" de ver nosso povo se reunir e se reencontrar numa "África Celestial", alegre, unido num único amor, dançando e cantando como sabemos fazer quando estamos muito felizes. E penso que o único sentimento que tem tamanha força de união é o Amor de Cristo/Jeovah Rafa/Yeshua/Senhor.

. disse...

Bete,

Vc escreveu 12 parágrafos que podem ser resumidos em um: "Sou Cristã e quero que o mundo seja Cristão ao passo que poderá falar o que quiser!"

Bom! Não concordo com isto. Mais uma vez repito: Tirando o caráter de evangelização de todas as criaturas que a cristandade possui, é uma bela religião.

Você é intolerante e se baseia na sua religião para ser. E eu crítico o caráter intolerante da sua religião. São duas coisas bem distintas.

Adorei você citar o documentário do Kevin Pina ("O que se passa no Haiti"), pois neste doc ele mostra como as "nações amigas" da ONU, que tanto ajudam o Haiti após o terremoto como você defendeu no seu primeiro post, são ferrozes assassinas de civís.

asè

Ps: Também sou da cidade de São Paulo, aliás, se tivesse clicado em cima da minha imagem e ido até meu blog, saberia muito bem quem sou e onde moro!

Simples assim...

Quem é o vereador? Fiquei curioso!!!

jdamacena disse...

Sera que os países eurocentristas donos das grandes marcas e multinacionais não fizeram pacto com diabo para que seus negócios prospere mundo afora? Porque em paises devastado pelas falta de desenvolvimento ainda consome produstos importados de primeira necessidade e as vezes até artigos de luxo por aqui como é o caso de veículos importados, porque na maioria dos países africanos e até no Haiti veículos que roda nas ruas são provenientes de outros países devido o fato de não sediarem fabrica de automóveis em seus territórios, sendo portanto obrigados a consumir o que vem de fora. Isso pra mim que é obra do diabo, impedir o desenvolvimento de uma nação so para vende-la seus produtos, garintindo mercado consumidor.

G.S. disse...

"o mundo inteiro jaz no maligno" 1 Jo-4.5
"príncipe deste mundo" - Jo-12.31
(existem muitos outros textos, dizendo que o mundo está sob o domínio do Diabo)

Sim, jdamacena, vc tem toda razão...

Se o mundo jaz no malígno, é muito evidente que os que dominam o mundo (os dominantes) jazem também. E que estão a serviço e como instrumento do Malígno. Daí a fazerem pacto é apenas um passo.

E é bem provável que os europeus (os Romanos) tenham se apropriado do evangelho em benefício próprio, alterando muitas passagens (já foi discutido isso aqui noutros tópicos). Naquela época não havia lei para plágio, nem direitos autorais, ou seja, um povo perverso poderia perfeitamente reescrever textos alheios (nas Escrituras) como se fossem seus e utilizá-los com o objetivo de dominação.

Mas a essência está lá, basta abrirmos o entendimento. Devemos ter senso crítico para verificar nas entrelinhas o que devemos aprender. A essência da mensagem de amor, paz, cuidado com o outro e com o mundo ainda está lá. O Direito Divino de existir, de ser agraciado, de viver em igualdade, independente das etnias, está disponível para o apreendizado.

Aquilo que Deus queria que aprendêssemos permanece e devemos confiar que Ele sabia do futuro e preservou a "semente".

Ainda que tenha sido alterado, o Evangelho é a única referência que temos sobre a passagem de Yeshua por este mundo... e do seu amor para com a Humanidade.

Nos apegamos a Ele como exemplo do BEM MAIOR e como relato do mundo vindouro. Não existe outro com essa credibilidade.

jorge disse...

Eu ja´neste momento gostaria que alguem que tivesse contato com esse Pastor Pat Robertson ,perguntasse à ele o que ele acha dos outros paises que esta´acontecendo os mesmos caos.
o que sera´que ele iria responder?
nos outros paise seria coisas da Natureza,porque o homem é culpado pelo aquecimento global e etc.
Mas como é o Haiti né,é coisa de pacto.

Rafael Aguidoqnn disse...

Se fosse assim a Alemanha seria um país mais castigo por mais que os nascista fizeram matando milhares de judeus o povo haitiano não tem culpa

PRETAS POESIAS

PRETAS POESIAS
Poemas de amor ao povo preto: https://www.facebook.com/PretasPoesias