segunda-feira, 26 de maio de 2014

RESPONDA A CHAMADA


Walter Passos - Historiador
Skype: lindoebano
 Facebook: Walter Passos
RESPONDA A CHAMADA, poema de Walter Passos incluído no Livro "Perfume de Melanina", a ser publicado em breve.
Veja o poema declamado pelo autor abaixo: 
video

RESPONDA A CHAMADA
Por Walter Passos. A escravidão afetou os escravizados De uma forma tão contundente Que nocauteou muitas mentes, Pessoas outrora livres Ficaram dementes. Batismo e deuses brancos, Estranhos. Estupros medonhos, Apropriações da força de trabalho, Recompensadas Com castigos sádicos. Muitos se esqueceram dessas mazelas, Dizem é coisa do passado, Não querem nem relembrar. Nem comente com eles As Marcas de ferro nos ancestrais! Uma marca profunda Não sabem como retirar, Foram os nomes e sobrenomes Colocados por cristãos e judeus, “Nas peças”, nos homens, Mulheres e crianças, Antes livres, coisificadas. Vou fazer a chamada Dos sobrenomes Dos descendentes de africanos, Prisioneiros de guerra que foram escravizados. Responda a presença e veja se você foi marcado. Os sobrenomes cristãos: - Arcebispo, Anjo, Aparecida, Bispo, Batista, Bonfim, Boa Morte, Carmo, Conceição, Cruz, Consolação, Divino, Deus, Encarnação, Espírito Santo, Da Hora, Da Luz, Imaculada, Jesus, Mariano, Nazaré, Paixão, Passos, Purificação, Perdões, Ressurreição,Sacramento, Santana, Santos, Trindade, Trindade, Virgens... Os sobrenomes judeus: - Abreu, Alves, Almeida,Aragão, Araujo, Barbosa, Barros, Bastos,Borges,Brito, Botelho, Cachoeira, Costa, Caldeira, Cerqueira, Coutinho, Couto, Cunha, Dias, Dourado,Fernandes, Ferreira, Fiuza, Galvão, Gomes, Gouveia, Jacarandá, Jaqueira, Lima, Leite, Macedo, Mangueira, Medeiros, Moreno, Monteiro,Nogueira, Nunes, ,Oliveira, Pedra, Pedreira, Pereira, Pinheiro, Pinto, Ribeiro, Rosa, Rodrigues, Romão, Riachão, Soares, Sousa, Silva, Sodré, Torres, Teixeira, Terra, Vargas, Viana, Xavier... Cansei, Cansei! Malditos sobrenomes Impostos pela escravidão!

ACESSE PRETAS POESIAS:

PRETAS POESIAS

PRETAS POESIAS
Poemas de amor ao povo preto: https://www.facebook.com/PretasPoesias