terça-feira, 16 de setembro de 2008

O EVANGELHO DO TERROR

Por Walter Passos. Teólogo, Historiador, Pan-africanista, Afrocentrado e Presidente CNNC – Conselho Nacional de Negras e Negros Cristãos. Pseudônimo: Kefing Foluke. E-mail: walterpassos21@yahoo.com.br


Aumenta a cada dia o confronto ideológico na sociedade brasileira baseado em opções religiosas e, incrível que pareça, até pessoas pretas que afirmam seguir ideologias marxistas e ser atéias, tem tomado partido em defesa de algumas religiões, afirmando estas possuírem a “pureza ancestral religiosa africana”; demonstrando nada além do grave desconhecimento geo-histórico do continente africano.
Torna-se necessário reafirmar que com base nos conhecimentos afrocentrados a África é o berço de todas as concepções religiosas e gênese das filosofias do planeta. Ressaltando ainda que aqueles esquecem que Karl Marx, Lenin e Trotski foram homens brancos, com pensamentos e doutrinas brancas, e seus escritos não resolveram e jamais resolverão a opressão do povo preto.
De outro lado, uma grande maioria preta adjetivada de evangélicos, que no Brasil tornou-se sinônimo de intolerantes, continua em uma grande cruzada evangelística, modificando as bem-aventuranças em más-aventuranças, propagando um evangelho do terror, seguindo ensinamentos europeus de falta de respeito na continuidade das cruzadas no século XXI.
Evangélicos X Religiões de Matriz Africana, tema mais discutido nos grupos e fóruns do Movimento Negro na internet, jornais e até a Rede Globo divulgou a Marcha contra a Intolerância Religiosa, aonde os organizadores esperam colocar nas ruas no Rio de Janeiro cem mil pessoas que se sentem prejudicadas e perseguidas. Do lado dos chamados intolerantes, no entender deles, nenhuma perseguição ocorre apenas o cumprimento do “Ide e Pregai o Evangelho a toda a criatura” conforme os escritos do Evangelista Marcos. Uma má interpretação de Marcos. O “Ide e Pregai as Boas Novas de Paz a toda à criatura”, não é fazendo a Guerra e jogando Sal Grosso em terreiros. Isso é fazer a Vontade do Diabo, o Pai de todas as contendas e mentiras.
Fui criado em igreja Presbiteriana, filho de mãe presbiteriana, e os meus filhos são a terceira geração de presbiterianos e quem sabe os meus netos e netas, formando a quarta geração, também. Conheço pretas e pretos que já são a quarta geração e outros caminhando para a quinta geração, isso no Brasil, nos USA ou na Jamaica encontraremos gerações bem mais antigas. De forma imprescindível deve-se afirmar que no continente africano encontraremos gerações milenares na Etiópia e no Egito, com a Igreja Copta, que seguem o Cristianismo muito antes dos brancos europeus.
No Brasil, há milhões de pretas e pretos que seguem o cristianismo protestante, em inúmeras igrejas, sejam históricas, pentecostais, neopentecostais ou apostólicas, Essas siglas não me incomodam. Todas e todos são considerados evangélicos, termo bem abrangente para que os crêem no Evangelho. O Evangelho significa “Boas Novas do Reino de Deus”. Aceitar o Evangelho é mudar de caminho e anunciar aos outros o Único Caminho: Yeshua - O Caminho, A Verdade e A Vida.
O que leva pessoas a considerarem as outras, inclusive membros de sua família, como seguidoras do Satanás? O que faz com que pessoas ajam violentamente em agressões físicas? Destruição de locais religiosos? Invasões de privacidade e ao cúmulo de jogarem sal grosso e amaldiçoarem locais de culto? Quais são os caminhos da falta de respeito? Há uma guerra religiosa entre seguidores de religiões de pretos e a religião dos brancos? O que podemos fazer para acabar ou atenuar esses ataques?




Conversando com uma amiga de mais de 20 anos, adepta do candomblé, senti como está magoada e tratou-me como se eu fosse um dos agressores a sua religião. Achei interessante que todos e todas que são protestantes hoje são considerados culpados dos ataques. Inclusive a mesma afirmou que não votaria no candidato a prefeito de Salvador Walter Pinheiro porque é evangélico, e nem na candidata a vereadora Creuza Maria, mulher e militante preta Presidente Nacional do Sindicato das Empregadas Domésticas, por ser evangélica.
Como se Pinheiro e Cleuza tivessem culpa da falta de respeito que tem se acirrado principalmente na Bahia. Mas, entendo a reação como uma forma de protestar politicamente contra os ataques dos chamados evangélicos aos cultos afro-brasileiros. Entendo e respeito, mas, não concordo. Se formos ver por esse lado todos os escritos de Martin Luther King, Steve Biko, Nelson Mandela, Fred Hampton, Desmond Tutu. A vida de João Cândido e inúmeras personalidades na África e na diáspora teriam que ser esquecidas e considerados traidores e traidoras do povo preto.
O Evangelho são Boas Novas de Paz, Justiça, Compreensão, Amorosidade, Perdão e Reconciliação entre os seres humanos e Reconciliação com o Criador e Doador da Vida, trazendo a esperança de um Reino justo e igualitário para a humanidade.
Toda manifestação de intolerância e falta de respeito com o outro é anti-evangelho. Todo intolerante segue a Sinagoga de Satanás e dá um falso testemunho das Boas Novas de Yeshua.
Sabemos que desde a apropriação do cristianismo pelos europeus começou a intolerância, as guerras realizadas pela cristandade, as cruzadas que ceifaram milhões de vidas, a colonização, a escravização, o imperialismo. As destruições de civilizações milenares, e as perseguições físicas e psicológicas contra os africanos na África e na diáspora forçada. Esses fatos são Anti-Evangelho de Yeshua.
O povo preto evangélico não pode se voltar contra a sua própria família, não pode demonizar a África. Não podemos fazer o jogo do racismo. Fazer o jogo do racismo é Anti-Evangelho de Yeshua.
O Falso Evangelho tem se tornado as Más Novas do Terror, da tristeza, da falsa superioridade racial, da desagregação familiar, da quebra da fraternidade, da desconstrução de uma solidariedade pan-africanista.
Meu irmão e minha irmã preta que lê esse artigo, preste bem atenção: Não foram as religiões afro-brasileiras culpadas pela escravização dos nossos ancestrais e pelo seqüestro. Não foram as religiões afro-brasileiras culpadas pela pobreza da maioria da nossa população. Não foram eles. Foram os europeus que transformaram o Evangelho da Vida em um Evangelho do Terror. Meu amado e minha amada irmã não façam o jogo do racista. Não pregue o Evangelho da Morte. Viva o Evangelho da Vida.
Se houvesse o respeito não seria necessário que 15 milhões de irmãos e irmãs pretas e pretos estivessem cultivando o ódio contra os irmãos e irmãs não cristãos. Torna-se necessário que paremos e pensemos o que isso nos levará? A perda de amizades? A maior desestruturação familiar? Um cisma na caminhada entre cristãos pretos e seguidores de religiões afro-brasileiras?
Nós do CNNC entendemos que por detrás da intolerância religiosa, está a intolerância racial, porque também somos vitimas deste anti-evangelho do Terror. Muitos jovens cristãos pretos passam por problemas psicológicos nas igrejas, por causa das vestimentas, e inclusive, os seus dreads e tranças são consideradas do demônio. Somos chamados de hereges e mentirosos ao afirmamos que há racismo no Brasil e nas Igrejas Protestantes. O racismo é anti-evangelho de Yeshua.
Recentemente tivemos o caso da pastora Cleuza Caldeira que foi discriminada por ser preta e mulher na Igreja Presbiteriana Independente. Confira o artigo: UMA MULHER NEGRA E SEU DIREITO DE SER
Estamos torcendo que a Marcha do dia 21 de setembro triplique o número de participantes que são almejados. É necessário um basta na falta de respeitabilidade e que possamos conviver fraternalmente, convivendo com as diferenças e como um só povo preto que ainda nesse país é a maior vítima da discriminação racial, seja evangélico, católico, espírita, candomblecista, muçulmano, budista ou ateu.
"Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados".

Dia 19/09, em Salvador, Lançamento da 4ª CAMINHADA PELA VIDA E LIBERDADE RELIGIOSA.
Todos e todas à marcha de 21 de setembro na Praia de Copacabana – RJ contra a Intolerância Religiosa!


5 comentários:

Anderson Hebreu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
selasie disse...

Olha se tem um ploblema com nós negros do preconceito ele começa desde cedo ,quando nós somos quase que obrigados a ser batizado na igreja catolica .com a mentira de que se não fizermos isso não seremos salvos por Alá ,Opior e que aquele Jeus bunitinho de olhos azul esconde por trás daquela figura ás atrocidades feitas pelas igrejas protestantes e catolica (Purgatorio)estas igrejas que dizem ser defensora da palavra de Cristo simplismente usaram o mito de Cam e Caim para escravisar o povo negro ,e usaram de artificio que na America era o lugar pra se Puragar nos engenho de açuca por pertecermos diretamente a o pecado inicial e por adorar outros Deus ,olha o por muitos anos o encino foi forjado apenas para manipular o \povo preto como inferior ,mais eu acho que ja está na horá de uma organizãoção mais firme e visilvel para mudarmos ,e pormos a verdade em pratica axé

Anônimo disse...

Sou de uma família que sempre cultuou candomblé e umbanda,
então um dia me disseram que eu tinha que "desenvolver" tbm, daí eu comecei a comparar:

PARA RECEBER OUTROS ESPÍRITOS:
Fumar charutos, cigarros, se o espírito fuma;
Beber pinga, cerveja, wisque, se o espírito bebe;
Raspar a cabeça, fazer marcas e tatuagens pelo corpo, ficar trancado vários dias no escuro,tomar banho de sangue e demais ervas de cheiro forte, matar animais (pombos, galináceos, bodes, bois etc.) ou aquilo que
o espírito pedir.
Acender velas na cor do respectivo espírito (e nesse ponto eu pergunto: se o espírito é de luz ou tem luz própria, por que ele precisa de velas?);
Ter sempre à disposição a comida bebida, roupas e demais coisas que cada espírito pedir e ter para todos os espíritos das linhas;
Ter sempre dinheiro para fazer a obrigação do espírito, senão ele fica bravo e pode dar "surra de santo".
Sem falar das vinganças que as pessoas são orientadas a fazer:
"desmanchar e devolver um trabalho feito", "trazer aquele(a) fulano(a) rastejando quando o(a) tal não ama a pessoa", ou seja, não respeitar o direito (livre-arbítrio) da pessoa querer casar/morar/viver com quem ela bem entender, enfim são infinitas coisas ou situações em que o AMOR AO PRÓXIMO não é sequer pronunciado...PERDÃO então, nem pensar!

PARA RECEBER O ESPÍRITO SANTO:
Aceitar Jesus e seguir seus passos;
Cuidar muito bem do corpo, não destruí-lo em hipótese alguma, dar a ele somente coisas saudáveis;
Amar a si, amar ao próximo, cuidar daqueles e amamos;
perdoar os inimigos (orar por eles), respeitar a opinião das pessoas e entender que ela é livre para fazer escolhas, assim como nós;
Lutar pelo que se deseja, com força, porém com ética, moral e justiça, contando sempre com Deus;
Ajudar na obra para que outros também sejam alcançados
pelo amor do Pai.

Meus amigos(as), o que vcs acham que eu escolhi?

Unknown disse...

sinceramente,não sei porque o anonimo ficou anonimo se o que disse é a mais pura verdade.E A VERDADE DO CRIADOR!DEPOIS DE LE-LO,NÃO HÁ O QUE DIZER.ESCOLHEU MUITO BEM.E BURRO DAQUELE QUE AINDA ACREDITA QUE AS PRATICAS MALIGNAS ,NÃO TEM NADA A VER.TEM TUDO Á VER!!!!LUZ E TREVAS NÃO COMBINAM,QUEM COMIGO NÃO AJUNTA,ESPALHA(DISSE JESUS).NÃO SE PODE SERVIR Á DOIS SENHORES....E O SENHOR DOS SENHORES É O SENHOR DO AMOR.E AMOR SIGNIFICA,FAZER O BEM SEM OLHAR Á QUEM.E AS PRATICAS DA MALDADE NAS RELIGIOES AFRO-BRASILEIRAS INSTIGAM Á TODAS AS RAÇAS A PRATICA DO MAL E DO LEVAR VANTAGEM.
SOU AFRODESCENDENTE,FRUTO DA MISTURA,TENHO ORGULHO DAS DUAS RAÇAS E É CLARO,DEFENDO O NÃO PRECONCEITO,NÃO RACISMO ETC E TAL.TENHO UM FILHO NEGRO E OUTRO MAIS BRANCO DO QUE NEGRO E OS DOIS CONHECEM E AMAM SUA PATRIA MÃE,A AFRICA.MAS ELES TAMBEM SABEM QUE A AFRICA SOFRE PELA CEGUEIRA DAS SUAS PRATICAS ABOMINAVEIS COM OS ESPIRITOS QUE TODOS SABEM,SÃO MALIGNOS.""UMA VELA PRA MATAR FULANO",OUTRA VELA PRA ADORAR SANTO BERTRANO..."ERRO FATAL.PECADO SEM PERDÃO PARA O DEUS CRIADOR DO BEM.
ADMIRO O BLOG DA CNNC/BA,PELA SUPERVISÃO E PELA DISCUSÃO SAUDAVEL E ESCLARECEDORA.DEUS YESHUA,JEOVÁ,SENHOR,CRIADOR,OS ABENÇÕE.
MALINTKIM M REIS

joão olavo severo cardozo disse...

infelismenti a igreja catolica fes muita maldadi em nome d deus a protestanti tambem . mais a religião do candomble são propiamenti para o mal não tem como não ver isso so os cegos espirutualmente concordam que os orixas fasem o bem . porem não tenho nada contra quem pratica pois a luta real não é contra a carne e sim o espirito . mais o povo preto sofre muito por seguir essas religiões . a globo apoiando essa marcha ja diz tudo . só ha um deus o resto são anjos caidos

PRETAS POESIAS

PRETAS POESIAS
Poemas de amor ao povo preto: https://www.facebook.com/PretasPoesias