terça-feira, 16 de setembro de 2008

O EVANGELHO DO TERROR

Por Walter Passos. Teólogo, Historiador, Pan-africanista, Afrocentrado e Presidente CNNC – Conselho Nacional de Negras e Negros Cristãos. Pseudônimo: Kefing Foluke. E-mail: walterpassos21@yahoo.com.br


Aumenta a cada dia o confronto ideológico na sociedade brasileira baseado em opções religiosas e, incrível que pareça, até pessoas pretas que afirmam seguir ideologias marxistas e ser atéias, tem tomado partido em defesa de algumas religiões, afirmando estas possuírem a “pureza ancestral religiosa africana”; demonstrando nada além do grave desconhecimento geo-histórico do continente africano.
Torna-se necessário reafirmar que com base nos conhecimentos afrocentrados a África é o berço de todas as concepções religiosas e gênese das filosofias do planeta. Ressaltando ainda que aqueles esquecem que Karl Marx, Lenin e Trotski foram homens brancos, com pensamentos e doutrinas brancas, e seus escritos não resolveram e jamais resolverão a opressão do povo preto.
De outro lado, uma grande maioria preta adjetivada de evangélicos, que no Brasil tornou-se sinônimo de intolerantes, continua em uma grande cruzada evangelística, modificando as bem-aventuranças em más-aventuranças, propagando um evangelho do terror, seguindo ensinamentos europeus de falta de respeito na continuidade das cruzadas no século XXI.
Evangélicos X Religiões de Matriz Africana, tema mais discutido nos grupos e fóruns do Movimento Negro na internet, jornais e até a Rede Globo divulgou a Marcha contra a Intolerância Religiosa, aonde os organizadores esperam colocar nas ruas no Rio de Janeiro cem mil pessoas que se sentem prejudicadas e perseguidas. Do lado dos chamados intolerantes, no entender deles, nenhuma perseguição ocorre apenas o cumprimento do “Ide e Pregai o Evangelho a toda a criatura” conforme os escritos do Evangelista Marcos. Uma má interpretação de Marcos. O “Ide e Pregai as Boas Novas de Paz a toda à criatura”, não é fazendo a Guerra e jogando Sal Grosso em terreiros. Isso é fazer a Vontade do Diabo, o Pai de todas as contendas e mentiras.
Fui criado em igreja Presbiteriana, filho de mãe presbiteriana, e os meus filhos são a terceira geração de presbiterianos e quem sabe os meus netos e netas, formando a quarta geração, também. Conheço pretas e pretos que já são a quarta geração e outros caminhando para a quinta geração, isso no Brasil, nos USA ou na Jamaica encontraremos gerações bem mais antigas. De forma imprescindível deve-se afirmar que no continente africano encontraremos gerações milenares na Etiópia e no Egito, com a Igreja Copta, que seguem o Cristianismo muito antes dos brancos europeus.
No Brasil, há milhões de pretas e pretos que seguem o cristianismo protestante, em inúmeras igrejas, sejam históricas, pentecostais, neopentecostais ou apostólicas, Essas siglas não me incomodam. Todas e todos são considerados evangélicos, termo bem abrangente para que os crêem no Evangelho. O Evangelho significa “Boas Novas do Reino de Deus”. Aceitar o Evangelho é mudar de caminho e anunciar aos outros o Único Caminho: Yeshua - O Caminho, A Verdade e A Vida.
O que leva pessoas a considerarem as outras, inclusive membros de sua família, como seguidoras do Satanás? O que faz com que pessoas ajam violentamente em agressões físicas? Destruição de locais religiosos? Invasões de privacidade e ao cúmulo de jogarem sal grosso e amaldiçoarem locais de culto? Quais são os caminhos da falta de respeito? Há uma guerra religiosa entre seguidores de religiões de pretos e a religião dos brancos? O que podemos fazer para acabar ou atenuar esses ataques?




Conversando com uma amiga de mais de 20 anos, adepta do candomblé, senti como está magoada e tratou-me como se eu fosse um dos agressores a sua religião. Achei interessante que todos e todas que são protestantes hoje são considerados culpados dos ataques. Inclusive a mesma afirmou que não votaria no candidato a prefeito de Salvador Walter Pinheiro porque é evangélico, e nem na candidata a vereadora Creuza Maria, mulher e militante preta Presidente Nacional do Sindicato das Empregadas Domésticas, por ser evangélica.
Como se Pinheiro e Cleuza tivessem culpa da falta de respeito que tem se acirrado principalmente na Bahia. Mas, entendo a reação como uma forma de protestar politicamente contra os ataques dos chamados evangélicos aos cultos afro-brasileiros. Entendo e respeito, mas, não concordo. Se formos ver por esse lado todos os escritos de Martin Luther King, Steve Biko, Nelson Mandela, Fred Hampton, Desmond Tutu. A vida de João Cândido e inúmeras personalidades na África e na diáspora teriam que ser esquecidas e considerados traidores e traidoras do povo preto.
O Evangelho são Boas Novas de Paz, Justiça, Compreensão, Amorosidade, Perdão e Reconciliação entre os seres humanos e Reconciliação com o Criador e Doador da Vida, trazendo a esperança de um Reino justo e igualitário para a humanidade.
Toda manifestação de intolerância e falta de respeito com o outro é anti-evangelho. Todo intolerante segue a Sinagoga de Satanás e dá um falso testemunho das Boas Novas de Yeshua.
Sabemos que desde a apropriação do cristianismo pelos europeus começou a intolerância, as guerras realizadas pela cristandade, as cruzadas que ceifaram milhões de vidas, a colonização, a escravização, o imperialismo. As destruições de civilizações milenares, e as perseguições físicas e psicológicas contra os africanos na África e na diáspora forçada. Esses fatos são Anti-Evangelho de Yeshua.
O povo preto evangélico não pode se voltar contra a sua própria família, não pode demonizar a África. Não podemos fazer o jogo do racismo. Fazer o jogo do racismo é Anti-Evangelho de Yeshua.
O Falso Evangelho tem se tornado as Más Novas do Terror, da tristeza, da falsa superioridade racial, da desagregação familiar, da quebra da fraternidade, da desconstrução de uma solidariedade pan-africanista.
Meu irmão e minha irmã preta que lê esse artigo, preste bem atenção: Não foram as religiões afro-brasileiras culpadas pela escravização dos nossos ancestrais e pelo seqüestro. Não foram as religiões afro-brasileiras culpadas pela pobreza da maioria da nossa população. Não foram eles. Foram os europeus que transformaram o Evangelho da Vida em um Evangelho do Terror. Meu amado e minha amada irmã não façam o jogo do racista. Não pregue o Evangelho da Morte. Viva o Evangelho da Vida.
Se houvesse o respeito não seria necessário que 15 milhões de irmãos e irmãs pretas e pretos estivessem cultivando o ódio contra os irmãos e irmãs não cristãos. Torna-se necessário que paremos e pensemos o que isso nos levará? A perda de amizades? A maior desestruturação familiar? Um cisma na caminhada entre cristãos pretos e seguidores de religiões afro-brasileiras?
Nós do CNNC entendemos que por detrás da intolerância religiosa, está a intolerância racial, porque também somos vitimas deste anti-evangelho do Terror. Muitos jovens cristãos pretos passam por problemas psicológicos nas igrejas, por causa das vestimentas, e inclusive, os seus dreads e tranças são consideradas do demônio. Somos chamados de hereges e mentirosos ao afirmamos que há racismo no Brasil e nas Igrejas Protestantes. O racismo é anti-evangelho de Yeshua.
Recentemente tivemos o caso da pastora Cleuza Caldeira que foi discriminada por ser preta e mulher na Igreja Presbiteriana Independente. Confira o artigo: UMA MULHER NEGRA E SEU DIREITO DE SER
Estamos torcendo que a Marcha do dia 21 de setembro triplique o número de participantes que são almejados. É necessário um basta na falta de respeitabilidade e que possamos conviver fraternalmente, convivendo com as diferenças e como um só povo preto que ainda nesse país é a maior vítima da discriminação racial, seja evangélico, católico, espírita, candomblecista, muçulmano, budista ou ateu.
"Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados".

Dia 19/09, em Salvador, Lançamento da 4ª CAMINHADA PELA VIDA E LIBERDADE RELIGIOSA.
Todos e todas à marcha de 21 de setembro na Praia de Copacabana – RJ contra a Intolerância Religiosa!


5 comentários:

Anderson [Thug $outh] disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
farao disse...

Olha se tem um ploblema com nós negros do preconceito ele começa desde cedo ,quando nós somos quase que obrigados a ser batizado na igreja catolica .com a mentira de que se não fizermos isso não seremos salvos por Alá ,Opior e que aquele Jeus bunitinho de olhos azul esconde por trás daquela figura ás atrocidades feitas pelas igrejas protestantes e catolica (Purgatorio)estas igrejas que dizem ser defensora da palavra de Cristo simplismente usaram o mito de Cam e Caim para escravisar o povo negro ,e usaram de artificio que na America era o lugar pra se Puragar nos engenho de açuca por pertecermos diretamente a o pecado inicial e por adorar outros Deus ,olha o por muitos anos o encino foi forjado apenas para manipular o \povo preto como inferior ,mais eu acho que ja está na horá de uma organizãoção mais firme e visilvel para mudarmos ,e pormos a verdade em pratica axé

Anônimo disse...

Sou de uma família que sempre cultuou candomblé e umbanda,
então um dia me disseram que eu tinha que "desenvolver" tbm, daí eu comecei a comparar:

PARA RECEBER OUTROS ESPÍRITOS:
Fumar charutos, cigarros, se o espírito fuma;
Beber pinga, cerveja, wisque, se o espírito bebe;
Raspar a cabeça, fazer marcas e tatuagens pelo corpo, ficar trancado vários dias no escuro,tomar banho de sangue e demais ervas de cheiro forte, matar animais (pombos, galináceos, bodes, bois etc.) ou aquilo que
o espírito pedir.
Acender velas na cor do respectivo espírito (e nesse ponto eu pergunto: se o espírito é de luz ou tem luz própria, por que ele precisa de velas?);
Ter sempre à disposição a comida bebida, roupas e demais coisas que cada espírito pedir e ter para todos os espíritos das linhas;
Ter sempre dinheiro para fazer a obrigação do espírito, senão ele fica bravo e pode dar "surra de santo".
Sem falar das vinganças que as pessoas são orientadas a fazer:
"desmanchar e devolver um trabalho feito", "trazer aquele(a) fulano(a) rastejando quando o(a) tal não ama a pessoa", ou seja, não respeitar o direito (livre-arbítrio) da pessoa querer casar/morar/viver com quem ela bem entender, enfim são infinitas coisas ou situações em que o AMOR AO PRÓXIMO não é sequer pronunciado...PERDÃO então, nem pensar!

PARA RECEBER O ESPÍRITO SANTO:
Aceitar Jesus e seguir seus passos;
Cuidar muito bem do corpo, não destruí-lo em hipótese alguma, dar a ele somente coisas saudáveis;
Amar a si, amar ao próximo, cuidar daqueles e amamos;
perdoar os inimigos (orar por eles), respeitar a opinião das pessoas e entender que ela é livre para fazer escolhas, assim como nós;
Lutar pelo que se deseja, com força, porém com ética, moral e justiça, contando sempre com Deus;
Ajudar na obra para que outros também sejam alcançados
pelo amor do Pai.

Meus amigos(as), o que vcs acham que eu escolhi?

Malintkim disse...

sinceramente,não sei porque o anonimo ficou anonimo se o que disse é a mais pura verdade.E A VERDADE DO CRIADOR!DEPOIS DE LE-LO,NÃO HÁ O QUE DIZER.ESCOLHEU MUITO BEM.E BURRO DAQUELE QUE AINDA ACREDITA QUE AS PRATICAS MALIGNAS ,NÃO TEM NADA A VER.TEM TUDO Á VER!!!!LUZ E TREVAS NÃO COMBINAM,QUEM COMIGO NÃO AJUNTA,ESPALHA(DISSE JESUS).NÃO SE PODE SERVIR Á DOIS SENHORES....E O SENHOR DOS SENHORES É O SENHOR DO AMOR.E AMOR SIGNIFICA,FAZER O BEM SEM OLHAR Á QUEM.E AS PRATICAS DA MALDADE NAS RELIGIOES AFRO-BRASILEIRAS INSTIGAM Á TODAS AS RAÇAS A PRATICA DO MAL E DO LEVAR VANTAGEM.
SOU AFRODESCENDENTE,FRUTO DA MISTURA,TENHO ORGULHO DAS DUAS RAÇAS E É CLARO,DEFENDO O NÃO PRECONCEITO,NÃO RACISMO ETC E TAL.TENHO UM FILHO NEGRO E OUTRO MAIS BRANCO DO QUE NEGRO E OS DOIS CONHECEM E AMAM SUA PATRIA MÃE,A AFRICA.MAS ELES TAMBEM SABEM QUE A AFRICA SOFRE PELA CEGUEIRA DAS SUAS PRATICAS ABOMINAVEIS COM OS ESPIRITOS QUE TODOS SABEM,SÃO MALIGNOS.""UMA VELA PRA MATAR FULANO",OUTRA VELA PRA ADORAR SANTO BERTRANO..."ERRO FATAL.PECADO SEM PERDÃO PARA O DEUS CRIADOR DO BEM.
ADMIRO O BLOG DA CNNC/BA,PELA SUPERVISÃO E PELA DISCUSÃO SAUDAVEL E ESCLARECEDORA.DEUS YESHUA,JEOVÁ,SENHOR,CRIADOR,OS ABENÇÕE.
MALINTKIM M REIS

joão olavo severo cardozo disse...

infelismenti a igreja catolica fes muita maldadi em nome d deus a protestanti tambem . mais a religião do candomble são propiamenti para o mal não tem como não ver isso so os cegos espirutualmente concordam que os orixas fasem o bem . porem não tenho nada contra quem pratica pois a luta real não é contra a carne e sim o espirito . mais o povo preto sofre muito por seguir essas religiões . a globo apoiando essa marcha ja diz tudo . só ha um deus o resto são anjos caidos

PRETAS POESIAS

PRETAS POESIAS
Poemas de amor ao povo preto: https://www.facebook.com/PretasPoesias