domingo, 24 de março de 2013

EM DEFESA DO PASTOR MARCO FELICIANO






Por Malachiyah Ben Ysrayl - Historiador e Hebreu-Israelita
Skype: lindoebano
Facebook: Walter Passos



Sei que ao começar a ler o presente artigo, indignou-se com o título (ou não).  Sim, vou explicar porque o Pastor Marco Feliciano acredita que está realizando um confronto espiritual, uma batalha na qual foi ensinado e milhões de pretos e pretas concordam com ele.


Entendo as suas palavras porque cresci ouvindo esse discurso ideológico anti-preto e anti-gay e em muitos anos da minha vida acreditei que fosse verdadeiro, tanto assim, que aos 19 anos de idade fui estudar Teologia no Seminário Presbiteriano do Sul do Brasil, em Campinas-São Paulo, e posteriormente no Seminário Batista do Sul do Brasil, no bairro da Tijuca na cidade do Rio de Janeiro. Fui ordenado pastor da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil, o qual me retirei e hoje não sigo mais o cristianismo.

Os meus contatos especialmente com Maria Beatriz Nascimento (Bia) no Grupo André Rebouças da UFF, Lélia Gonzalez e outros militantes no final da década de 70 e início da década de 80 do século passado, transformaram os conceitos introjetados na minha infância e adolescência sobre uma África amaldiçoada, a qual sonhei, diversas vezes, viajar em missões para libertá-la do poder de Satanás.

Agradeço muito a Valdina Pinto por horas de conversas dedicadas a um jovem pastor presbiteriano em crise, de ter uma ascendência paterna e materna nas religiões de matriz africana e necessitava entender o porquê da minha rejeição aos ensinamentos dos meus ancestrais.

A questão de Marco Feliciano é o desconhecimento da origem e desenvolvimento do cristianismo e especialmente do protestantismo de missões que veio para o Brasil e com experiências segregacionistas e manteve a escravidão em muitas regiões, como o caso do luteranismo no sul do Brasil e experiências nefastas de racismo em todas as igrejas protestantes históricas, pentecostais e neopentecostais até os dias atuais. Tanto assim que existe um Movimento Negro Evangélico incipiente que carrega água em cesto de palha e não tem o poder de mobilização para questionar Marcos Feliciano. Milhares de pastores pretos estão calados, envergonhados, acuados pela covardia ou compartilhando com as ideias de Marco Feliciano. Acredito na última hipótese.

São milhões de pretos nas igrejas evangélicas que coadunam com essas ideias de que a África é amaldiçoada. São esses professores evangélicos que se mostram contrários à implementação das leis de de ensino de africanos e indígenas no ensino fundamental e médio..

São milhões de pretas que se auto-renegam e acreditam na maldição hereditária dos seus ancestrais africanos e combatem veementemente as religiões de matriz africana e qualquer manifestação cultural preta.
Interessante notar que Marco Feliciano se utiliza das ofertas de muitos pretos e pretas das suas igrejas para desse dinheiro atacá-los - como amaldiçoados e afins -, sem falar nos milhares de votos deles recebido.

O problema não é Marco Feliciano, mas a omissão e apatia da maioria da população brasileira descendentes de africanos pelas palavras pronunciadas e ainda oram que ela vença as batalhas contra os inimigos. Que ele consiga destruir os terreiros e sepultar os “pais de santo”.

PASTOR MARCO FELICIANO: "- SEPULTEM OS PAIS DE SANTO!"


Marco Feliciano representa o mestiço e preto evangélico que adora um deus europeu e se auto-renega, passa por um processo violento de enfraquecimento, desculpe, branqueamento.

Quantas mulheres pretas evangélicas estão satisfeitas com a aparência? Qual o percentual de mulheres pretas não evangélicas que usam processos químicos de alisamento para que os seus cabelos sejam parecidas com o cabelo das mulheres brancas? Elas podem falar da progressiva de Marco Feliciano?

Marco Feliciano é um equivocado teologicamente, tem interpretações sobre os escritos bíblicos advindas da sua  ignorância exegética e hermenêutica. Seria de bom grado que ele conhecesse a história do povo hebreu e a história das civilizações do Vale do Nilo e da Terra dos Etíopes (Mesopotâmia) designação toponímica da região antes de ser renomeada pelos gregos invasores. Sendo apoiado nas suas declarações infelizes pelo seu inimigo e atual veemente defensor Silas Malafaia.

PASTOR SILAS MALAFAIA COMENTA PROTESTOS CONTRA PASTOR. MARCO FELICIANO


A minha afirmação advém da atitude dele falar mal da África usando escritos de homens pretos e fatos ocorridos e relatados de civilizações pretas. O Pastor Marco Feliciano e Silas Malafaia deveriam ser questionados em público para citarem quais as regiões e civilizações brancas que estiveram presentes nos fatos do Torá (é o nome dado aos cinco primeiros livros do Tanakh (erradamente chamado de Velho Testamento). Assim sendo, entenderiam que a maldição da África e seus habitantes é uma falácia em um período onde a questão epitelial não era determinante e a civilização grega estava iniciando. Não há maldição epitelial neste período histórico , infelizmente o racismo teológico criado pelos europeus e ensinado no Brasil pelo cristianismo ainda é a base de interpretações equivocadas os pastores e pastoras.

Escrevi artigos sobre colonialismo e cristianismo e maldição de Cam no blogger Bayah que podem ser conferidos no link CRISTIANISMO E COLONIALISMO - CONVERSÃO E NEGAÇÃO DA ANCESTRALIDADE

Os defensores (as) de Marco Feliciano, bom ressaltar serem milhões de pretos (as) evangélicos (as), estão anestesiados pelo racismo que deforma a autoestima de suas vítimas. Incrível são os apoios às atitudes dele:

PASTOR MARCO FELICIANO RENUNCIA

O pastor Marco Feliciano é mais uma vítima que se tornou algoz da sua herança africana. Não um simples algoz. Admirado por milhões de evangélicos e não evangélicos como um paladino dos “bons costumes”  e defensor de uma teologia racista e retrograda. Em um país onde o desconhecimento da história da África e especialmente dos hebreus é latente. Marco Feliciano deita e rola porque não é questionado no que ele diz ser conhecedor. Ele agrada os racistas, confirma perante os pretos as mentiras que são descendentes de uma terra amaldiçoada e apesar dos protestos dos movimentos organizados a maioria da população preta não tá nem ai para as suas palavras porque  tem um problema gravíssimo de identidade. 

Olho seriamente para as declarações de Marco Feliciano e fico arrepiado em pensar que quando criança e adolescente pensei igual.  Ele se delicia com os protestos acreditando que está sendo perseguido (nos moldes cristãos) e é um defensor da fé.

Ele representa uma ideologia e é mero repetidor de um mal maior que sonha e clama de joelhos dobrados para que o Brasil se torne um país teocraticamente cristão e mais conservador.



ACESSE PRETAS POESIAS:

18 comentários:

Eu, simplesmente eu disse...

Excelente texto!!! o pior é as pessoas apoiarem aqui na internet, sendo que inúmeras provas mostram em video, audio e texto que o Marcos Feliciano está errado, é homofóbico, racista, contra os direitos das mulheres. é simples, é só este povo alienado pesquisar aqui na internet e sair dessa cegueira e ócio digital das massas.

Anônimo disse...

Excelente texto!!! o pior é as pessoas apoiarem aqui na internet, sendo que inúmeras provas mostram em video, audio e texto que o Marcos Feliciano está errado, é homofóbico, racista, contra os direitos das mulheres. é simples, é só este povo alienado pesquisar aqui na internet e sair dessa cegueira e ócio digital das massas.

Amenhotep disse...

Shalom, Shalom!

Só aqueles que realmente conhecem a verdade bíblica, historicamente falando, serão capazes de entender o equívoco, o racismo e a autorenegação que este "pastor" prega em prol do povo branco.

Amenhotep disse...

Este pastor além de ser equivocado, sob o ponto de vista da história, é um infeliz, sob o ponto de vista da Bíblia.

AugustoCrowley disse...

De fato, é bem isso que penso, que noto, que analisei quando joguei na intenção dele, e obtive o 9 de ouros como carta de personalidade.ele de fato acredita estar certo, e acaba que acaba ganhando os louros, vindos de pretos que se auto renegam.

anamarsan2001@yahoo.com.br disse...

Caros amigos, o Pasor é um home de Deus, por isso é perseguido por esses teleguiados da mídia. O Papa é homofóbico, preconceituoso e apoiou a ditadura sanguninária, mas ninguém faz movimento para tirá-lo, porque a mídia não fala nada. Quer externar meu profundo respeito e adminiração ao pastor Feleiciano. Estou com ele, por ele e jamais deixarei de apoiá-lo. Salve nossas lutas!

Gi Guerreiro disse...

Li e gostei do texto integralmente. Entendi que o título é uma provocação, ação necessária para pensarmos e sairmos da mesmice, mas, mesmo assim, prefiriria outro.
Abraços.

Lina Efigenia disse...

Bastante grata, Professor Walter. Muito bom o texto= um grito de alerta, eu diria, tonitroante. Parabéns, ats, Lina Efigenia

INSTITUTO NZINGA MBANDI disse...

Muito bom, como sempre. Já divulguei! Graça Santos

José Ruiz disse...

o apoio dos afrodescendentes ao Marcos Feliciano tem a mesma raiz do fenômeno de eleição do ACM Neto na Bahia.. e tantos outros fenômenos dessa natureza percebidos em nosso dia a dia.. fruto de uma lavagem cerebral.. só a educação para romper esses grilhões..

Cosme disse...

Caro Walter:
Embora concorde com suas teses, discordo, no entanto de sua decisão, embora a respeite, quanto ao abandono do cristianismo.
A este seguimento religioso, em sua essencia, não pode ser atribuida as muitas mazelas causadas por alguns de seus supostos seguidores. As palavras do Amado Mestre são sintomáticas: "Pelos frutos se conhece a árvore".
O Senhor te abençoe e te guarde (Numeros 6.24), pastor Walter!

AugustoCrowley disse...

Cara ana, de fato, já ouvi algo sobre o futuro Papa, mas se você conhece de fato algo que o torne incoerente nesta posição de destaque, publique.Mas nada anula o que está acontecendo na CDH. Ele está num papel de representar as minorias, veja quanta ironia.

Gi disse...

Simplesmente sensacional...
Tiro o chapéu para vc meu amigo.... nem tenho o que dizer!

Sucesso!

***Lucy*** disse...

A Paz de Cristo, conhecer seu blog alegrou meu coração. Suas mensagens são edificantes para o Corpo de Cristo, e um bálsamo para todos que acessam esse espaço abençoado.

Como prova do meu amor cristão deixo uma lembrancinha que fiz, espero que goste do acróstico:

C ultivar uma vida de oração.
R evigorar-se pela leitura diária da Palavra.
E star sempre disposto a obedecer a Deus.
S er uma testemunha fiel no viver e no falar.
C onsagrar a Deus seu corpo, tempo e talentos.
E sperar de Deus a orientação para a vida.
R evestir-se do poder do Espírito Santo.

Nós precisamos CRESCER na Graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog, deixo o convite.
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

Em Cristo,

***Lucy***

P.S. Convido a visitar o blog do irmão J.C. repleto de mensagens abençoadoras; algumas polêmicas, porém ricas de entendimento.

Acesse:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei o seu blog, estive a ler algumas coisas e posso dizer que é um blog fantástico,
com um bom conteúdo, dou-lhe os meus parabéns.
Se desejar faça uma vista ao Peregrino e servo e deixe o seu comentário.
Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.

Anônimo disse...

Como sempre uma excelente explanação meu querido! Entendi o título e concordo! Pra mim ele é só mais um pobre coitado que ainda precisa de luz!!! Ele defende um sistema muito bem organizado, talvez, sem ao menos entender o porquê!

Donna Liu

Anônimo disse...

Neste mundo de podridão, buscar a Deus e fazer o bem me basta.
Para mim tudo isso é "politicagem" os negros não defendem os negros, na verdade brigam pelo dinheiro que o governo libera para algumas instituições, os gays descobriram que também dão ibope e dinheiro, e resolveram fazer o mesmo.
Quero apenas viver os meus dias nesta terra em que nada há de novo abaixo do sol.

marcos kinkas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

PRETAS POESIAS

PRETAS POESIAS
Poemas de amor ao povo preto: https://www.facebook.com/PretasPoesias