quinta-feira, 3 de julho de 2008

OS NEGROS VÍTIMAS DO NAZISMO

Por Walter Passos. Teólogo, Historiador, Pan-africanista, Afrocentrado e Presidente CNNC – Conselho Nacional de Negras e Negros Cristãos. Pseudônimo: Kefing Foluke. E-mail: walterpassos21@yahoo.com.br

- O senhor despreza os negros. No Brasil, apesar de serem vítimas de poderosos mecanismos de exclusão sóciocultural, existem negros que vêm se destacando em todas as áreas. O que o senhor tem a dizer a respeito, por exemplo, dos artistas, dos escritores, dos cientistas e dos juristas negros que venceram todos os enormes obstáculos e se impuseram à admiração geral?
- Um negro que se torna advogado... Isso é um ultraje, uma ofensa à nossa razão! É uma idiotice criminosa a de quem adestrou durante tantos anos um meio-macaco até chegar ao ponto de fazer acreditarem que ele é um advogado. Enquanto isso acontecia, enquanto esse investimento era feito, milhões de indivíduos pertencentes às raças mais elevadas ficaram subaproveitados! [original]

Por Leandro Konder, no Jornal do Brasil de 25/1 e 1/2 (2003) http://www.consciencia.net/2005/mes/08/hitler-mussolini.html


A história do povo preto está sendo reescrita pelos afrocentristas que desmitificam a falácia em que foi posta a verdadeira história da humanidade. De certo, a história é dinâmica, portanto fatos recentes ainda estão escondidos e desconhecidos da maioria da população preta. Dentre eles o Nazismo Alemão contra o povo preto.
O nazismo alemão perseguiu e assassinou pretas e pretos na Alemanha. Esse mesmo racismo anti-negro alemão já existia com suas barbáries no território africano. A Alemanha através do neocolonialismo dominou o Togo, Camarões, Namíbia e Tanzânia, onde foram realizados experimentos genéticos e massacre de mais de 60.000 africanos que resistiram nas terras africanas invadidas.

Na década de 1890, africanos foram torturados pelos alemães no Sudoeste da África, atualmente chamada Namíbia, antes do holocausto dos judeus na Alemanha, africanos sofreram torturas e foram vítimas de experiências médicas, o que resultou em milhares de mortes, aumentando o número de vítimas do neocolonialismo europeu, em conseqüência ao ódio para com povo original. A separação de brancos e pretos foi aprovada pela Reichstag (parlamento alemão), que promulgou uma lei contra os casamentos mistos nas colônias africanas.

"Fotos de nossas colônias," Der wahre Jacob (década de 1890)

Esta caricatura é intitulada "Fotos de nossas colônias" ["Bilder aus unsern Kolonien"]. Na legenda lê-se: "Um domingo a Tarde na África Ocidental." Ela mostra um mundo, no sudoeste africano: nativos vestindo uniformes militares prussianos, cavalgando animais selvagens, tigres comendo salsicha alemã, e o canibalismo como uma prática habitual.
O ódio aos africanos e a tentativa de bestialização pelos europeus foi publicada neste blogger no artigo intitulado: SAARTIJE BAARTMAN – ZOOLÓGICOS HUMANOS – A MULHER PRETA HUMILHADA


Show Popular ocorrido em Stuttgart na Alemanha, com amostras de africanos apresentado entre 02 de julho a 05 de agosto de 1928.

O NAZISMO ANTI-NEGRO
Na década de 20 do século passado 24.000 mil pretos viviam na Alemanha e a maioria foi vítima do nazismo, após o tratado de Versalhes a França ocupou a Renânia, enviou soldados pretos que tiveram filhos com mulheres alemãs.
As Propagandas racistas contra os soldados pretos os mostravam como violadores de mulheres alemãs e portadores de doenças venéreas.


Negro ataca uma mulher em cartaz de propaganda

http://www.dw-world.de/dw/article/0,2144,675862,00.html

Sendo alvo da crítica no livro Mein Kampf (Minha Luta), Hitler acusa os judeus de imigrarem os pretos para Renânia com o real objetivo de arruinar a raça branca.
O destino do povo preto a partir de 1933 a 1945 foi a esterilização na Alemanha, considerados ameaça a pureza da raça germânica, justificado segundo os nazistas a não poluição dos arianos. As crianças “mulatas” foram isoladas na sociedade, impedidas de entrarem nas universidades, sendo a maioria da população preta esterilizada, presa pela gestapo (polícia secreta alemã) e muitos desapareceram. Alguns foram submetidos a experiências médicas; outros foram acusados de traição e jogados como bois nos campos de concentração.
Adolf Hitler durante os Jogos Olímpicos de Berlim, em agosto de 1936 divulgava a Deutschland, Deutschland über Alles (Alemanha acima de todos), teve a sua idéia de superioridade ariana desmascarada com a conquista da medalha de ouro aos 21 anos, por John Woodruff,na prova dos 800 metros, a 4 de Agosto de 1936, nos jogos Olímpicos de Berlim perante o olhar de Hitler. Cornelius Johnson, um outro atleta preto, ganhou a medalha de ouro no salto em altura e James Cleveland("Jesse" Owens) quebrou quatro recordes mundiais em 45 minutos conquistando quatro medalhas de ouro nos 100 e 200 m rasos, no salto em comprimento e nos 4x100 m. Os EUA, que trataram seus atletas pretos como auxiliares, conseguiram vencer 10 provas de atletismo. Destas, 06 medalhas de ouro foram conseguidas com a participação de quatro pretos.

A artista de jazz Valaida Snow (2 de junho de 1904-30 de maio de 1956), em Chattanooga, Tennessee; foi encarcerada em campos de internamento para estrangeiros, quando presa na Dinamarca em 1941 pelos nazistas.



Muitos outros pretos foram vítimas do nazismo, entre eles podemos destacar Hilarius (Lari) Gilges, um dançarino de profissão, que fundou uma organização de artistas para combater Hitler, foi assassinado pela SS em 1933, a sua esposa mais tarde recebeu uma restituição de governo alemão por causa do seu assassinato pelos nazistas. O artista Josef Nassy, que vivem na Bélgica, foi preso como um inimigo estrangeiro por sete meses, no acampamento Beverloo na Bélgica ocupada. Ele foi posteriormente transferido para a Alemanha, onde passou o resto da guerra preso no acampamento Laufen e no sub-campo de Tittmoning na Alta Baviera.
Lionel Romney, um preto marinheiro da Marinha Mercante os EUA, foi preso no campo de concentração Mauthausen. Marcel Jean Nicolas, um haitiano, foi encarcerado na Buchenwald e Dora-Mittelbau, campos de concentração na Alemanha. Jean Vosté, congolês que viveu na Bélgica, foi detido no campo de concentração Dachau. Bayume Mohamed Hussein de Tanganica (hoje Tanzânia) morreu no acampamento Sachsenhausen, perto de Berlim.
Diversos prisioneiros de guerra foram encarcerados sofrendo violências dos nazistas, realizando trabalhos forçados e a maioria assassinada imediatamente pela Gestapo.


"Perigosa peste", segundo a propaganda nazista

Nesta propaganda nazista a foto retrata a amizade entre uma "Ariana" e uma mulher negra. A legenda afirma: "O resultado! Uma perda de orgulho racial"
Apesar de todas as atrocidades dos nazistas contra o povo preto, ainda hoje podemos encontrar defensores e amantes dessa ideologia caucasiana e desprezível.

25 comentários:

lino_avelino disse...

Excelente artigo!!!

Anônimo disse...

e as pessoas falam muito apenas naquele episodio do velocista preto nas olimpiadas ,mas ,teve muito mais crime,nas olimpiadas,os pretas ja tinham morrido quase tudo,pensar bem a primeira ministra alemã tem de falar swarili pedir desculpa ,pagar indenização pra nois também.

Anônimo disse...

"ideologia caucasiana e desprezível."

Concordei com tudo até esta última frase ( que foi muito infeliz), Eslavos são caucasianos e tambem foram para campos de concentração!
Eu como descedente de poloneses)eslavos) e negros senti muito triste com esta palavra sendo utilizada neste contexto, pois boa parte de minha família são caucasianos.

Bete disse...

Pois é...
se a Palavra diz que
os humilhados serão exaltados,
os negros, enquanto povo,
com certeza serão (terão que ser) os primeiros da fila.

...e a África será um dia uma grande potência mundial,quem viver (nossa descendência) verá!

Foi/é o povo mais perseguido do planeta
(não por cultura, nem por religião, nem por ideologia) mas por algo que nem pôde escolher: a cor de sua pele...
porém é também o mais guerreiro.

Vejo com os olhos da fé, pois se Deus determinou que os humilhados serão exaltados, Ele mesmo há de cumprir -
o Justo Juiz.

Afrobeijos

Anônimo disse...

não pôde escolher, mas se pudesse seria a cor escolhida (preta)
Deus pintou pra ser benção

Farao disse...

Com certeza quê á teoria do ultimo se torna primeiro e valida ,vejá nosso povo descendentes de Cam povo poderosos no passado ,e as outras raça ainda estavam em estagio primitivo evoluiram de um modo primitivo de opresão e hoje são os primeiros ,hoje nos negros temos que lutar com muito mais força ,tornando nossa luta justa ,por que hoje quem está e, último lugar somos nós descendentes de Cam para tornamos primeiro de novo ,mas uma prova disto e Baraque Obama ! mas sobre a guerra , Na Alemanha em Berlim houve um museu onde eles colocaram uma estatua do Hitle ,mais no segundo dia um velinho vendo aquilo disse: _Chega de gerra ,é desepou a cabeça do nazista ,isto prova uma coisa quê todo o problema do nazismo veio so de uma pessoa doentia quê foi o Hitle ,ele não so reformou o encino escola para fazer lavagem celebrau nós jovens ,mais espalhou sua doença por toda a Alemanha ,mais a granda maça da população não estava nem ai prá isto uma prova disto e as mulheres que tiveram filhos com negros ,e é aqui no Brasil como hoje a grande masa não está nem ai pra isso ,o problema só aparece com os lideres manipuladores de ideias quê fazem de tudo pra manter negros adestrado vendendo a ideia quê no Brasil não há racismo ,um abraço ai galera

Anônimo disse...

"ideologia caucasiana e desprezível."

não é ideologia caucasiana... hitler era australiano...
e nao precisa ser nazista, para ser racista, assim como tu fostes... caucasianos também foram vitimas.

Anônimo disse...

No texto "Bilder aus unsern Kolonien". Bilder significa, de fato, "quadro" e não "fotografia". Trata-se de um cartoom bastante crítico ao colonialismo europeu, uma vez que as posições estão invertidas de propósito: são os africanos que observam uma senhora branca, gorda e exótica numa jaula. Já o selo da mostra popular não permite concluir que africanos seriam mostrados como bestas. Já sobre o termo "ideologia caucasiana" para descrever o nazismo, eu poderia entender "ideologia branca" (como se os 20 milhões de russos assassinados pelos nazistas fossem todos pretos). Bem. Eu reparo numa ideologia "africana" e racista, e já que tu se consideras "bom" demais para ser um sul-americano, então pode se mandar para o Congo para recomeçar a sua vida orgulhosamente, como bom afro-nazista. Ou pode ir ao Haiti servir como Tonton Macoute, ou ir arar as fazendas do Robert Mugabe no Zimbabwe. Lá, sim, é um paraíso racial preto de primeiro mundo.

antonio jesus silva disse...

REVOLUÇÃO QUILOMBOLIVARIANA !
A COMUNIDADE NEGRA AFRO-LATINA BRASILEIRA
APOIA E É SOLIDARIA AO POVO PALESTINO.VIVA A PALESTINA!
Viva! Chàvez! Viva Che!Viva! Simon Bolívar! Viva! Zumbi!
Movimento Chàvista Brasileiro

Manifesto em solidariedade, liberdade e desenvolvimento dos povos afro-ameríndio latinos, no dia 01 de maio dia do trabalhador foi lançado o manifesto da Revolução Quilombolivariana fruto de inúmeras discussões que questionavam a situação dos negros, índios da América Latina, que apesar de estarmos no 3º milênio em pleno avanço tecnológico, o nosso coletivo se encontra a margem e marginalizados de todos de todos os benefícios da sociedade capitalista euro-americano, que em pese que esse grupo de países a pirâmide do topo da sociedade mundial e que ditam o que e certo e o que é errado, determinando as linhas de comportamento dos povos comandando pelo imperialismo norte-americano, que decide quem é do bem e quem do mal, quem é aliado e quem é inimigo, sendo que essas diretrizes da colonização do 3º Mundo, Ásia, África e em nosso caso América Latina, tendo como exemplo o nosso Brasil, que alias é uma força de expressão, pois quem nos domina é a elite associada à elite mundial é de conhecimento que no Brasil que hoje nos temos mais de 30 bilionários, sendo que a alguns destes dessas fortunas foram formadas como um passe de mágica em menos de trinta anos, e até casos de em menos de 10 anos, sendo que algumas dessas fortunas vieram do tempo da escravidão, e outras pessoas que fugidas do nazismo que vieram para cá sem nada, e hoje são donos deste país, ocupando posições estratégicas na sociedade civil e pública, tomando para si todos os canais de comunicação uma das mais perversas mediáticas do Mundo. A exclusão dos negros e a usurpação das terras indígenas criaram-se mais e 100 milhões de brasileiros sendo estes afro-ameríndios descendentes vivendo num patamar de escravidão, vivendo no desemprego e no subemprego com um dos piores salários mínimos do Mundo, e milhões vivendo abaixo da linha de pobreza, sendo as maiores vitimas da violência social, o sucateamento da saúde publica e o péssimo sistema de ensino, onde milhões de alunos tem dificuldades de uma simples soma ou leitura, dando argumentos demagógicos de sustentação a vários políticos que o problema do Brasil e a educação, sendo que na realidade o problema do Brasil são as péssimas condições de vida das dezenas de milhões dos excluídos e alienados pelo sistema capitalista oligárquico que faz da elite do Brasil tão poderosa quantos as do 1º Mundo. É inadmissível o salário dos professores, dos assistentes de saúde, até mesmo da policia e os trabalhadores de uma forma geral, vemos o surrealismo de dezenas de salários pagos pelos sistemas de televisão Globo, SBT e outros aos seus artistas, jornalistas, apresentadores e diretores e etc.
Manifesto da Revolução Quilombolivariana vem ocupar os nossos direito e anseios com os movimentos negros afro-ameríndios e simpatizantes para a grande tomada da conscientização que este país e os países irmãos não podem mais viver no inferno, sustentando o paraíso da elite dominante este manifesto Quilombolivariano é a unificação e redenção dos ideais do grande líder zumbi do Quilombo dos Palmares a 1º Republica feita por negros e índios iguais, sentimento este do grande líder libertador e construí dor Simon Bolívar que em sua luta de liberdade e justiça das Américas se tornou um mártir vivo dentro desses ideais e princípios vamos lutar pelos nossos direitos e resgatar a história dos nossos heróis mártires como Che Guevara, o Gigante Osvaldão líder da Guerrilha do Araguaia. São dezenas de histórias que o Imperialismo e Ditadura esconderam. Há mais de 160 anos houve o Massacre de Porongos os lanceiros negros da Farroupilha o que aconteceu com as mulheres da praça de 1º de maio? O que aconteceu com diversos povos indígenas da nossa América Latina, o que aconteceu com tantos homens e mulheres que foram martirizados, por desejarem liberdade e justiça? Existem muitas barreiras uma ocultas e outras declaradamente que nos excluem dos conhecimentos gerais infelizmente o negro brasileiro não conhece a riqueza cultural social de um irmão Colombiano, Uruguaio, Venezuelano, Argentino, Porto-Riquenho ou Cubano. Há uma presença física e espiritual em nossa história os mesmos que nos cerceiam de nossos valores são os mesmos que atacam os estadistas Hugo Chávez e Evo Morales Ayma,Rafael Correa, Fernando Lugo não admitem que esses lideres de origem nativa e afro-descendente busquem e tomem a autonomia para seus iguais, são esses mesmos que no discriminam e que nos oprime de nossa liberdade de nossas expressões que não seculares, e sim milenares. Neste 1º de maio de diversas capitais e centenas de cidades e milhares de pessoas em sua maioria jovem afro-ameríndio descendente e simpatizante leram o manifesto Revolução Quilombolivariana e bradaram Viva a,Viva Simon Bolívar Viva Zumbi, Viva Che, Viva Martin Luther King, Viva Osvaldão, Viva Mandela, Viva Chávez, Viva Evo Ayma, Viva a União dos Povos Latinos afro-ameríndios, Viva 1º de maio, Viva os Trabalhadores e Trabalhadoras dos Brasil e de todos os povos irmanados.
O.N.N.QUILOMBO –FUNDAÇÃO 20/11/1970
quilombonnq@bol.com.br

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=d48RsikRbyM

ataquem os brancos e os negros deus vai punir o povo que fala deles vocês nem sabem o que falam acusam um grupo de pessoas sem saber a maquina que comanda o mundo,que deus perdoe a vocês e a todos que só sabem acusar os grupos sem ter o minimo de compaixão e de estudo.

Anônimo disse...

E as dezenas de fotos em sites da net com negros em uniforme alemão? Negros na gestapo (assistam o filme Lucien Lacombe). Os negros foram vítimas mesmo? Foram negros em uniforme nazista que lutaram na Grécia e Balcãs e não deixaram nada a dever em atrocidades aos seus companheiros "caucasianos". História distorcida é história hipócrita.

Anônimo disse...

Espanha,Portugal,França,bélgica,Holanda,Inglaterra também fizeram o genocídio contra povo africano.

Ao contrario da Nova Alemanha que assumiu sua culpa do holocausto contra judeus, nenhum destes pais
fizeram um pedido de desculpas formal,sobre as barbaridade que fizeram contra nós.

O protesto dos pantera negras, valia tanto para nazista quando os Estados-Unidenses racistas.

Anônimo disse...

Bom eu axo que as pessoas deveriam pesquisar mais as coisas antes de ficar atacando os nazista. A 2º guerra passou Hitler perdeu e os negros tao sofrendo abessa na africa com fome, doenças e tantas e tantas outras pragas que aqueles que vcs ficam defendendo esta causando.Lhes digo tudo acima que vc postou está mto longe de toda materia que eu vi que diz meramente tudo o oposto que a gente aprende na escola e na TV isso não e nda comparado com o que o povo palestino sofre ate hj vc ia chorar se vc visse se quiser eu post umas coisas aqui que contradis toda essa mentirada que inventaram sobre os nazistas. E tem mais eu duvido que vc sábia que Hitler exigiu indepencia para o povo palestino essa foi a epoca que os palestinos chegou mais perto da liberdade pesquisa sobre isso concerteza vc vai achar o discurso que Hitler se opoem contra agreção inglesa comandada pelos os sionistas, para que parem de atacar a palestina!

Vou colocar o discurso abaixo mais por favor procure o video tbm.

Da mesma forma o fato de ter escapado à atenção, obviamente, o Sr. Roosevelt que a Palestina é actualmente ocupado pelas tropas alemãs não, mas pelo Inglês e que o país está passando por restrição de sua liberdade pela brutal maioria reordenar a força está sendo roubado de sua independência e está sofrendo os mais cruéis matreatment para o benefício de intrusos judeu.
Os árabes que vivem nesse país, portanto, certamente não se queixaram ao Sr. Roosevelt da agressão alemã, mas eles estão expressando um apelo constante ao mundo lamentando a métodos bárbaros com que a Inglaterra está tentando suprimir um povo que ama sua liberdade e quer meramente defendê-la.
Isto, também, é talvez um problema que, na opinião do Presidente americano deve ser resolvido na mesa de conferência ou seja, antes de um juiz justo, e não pela força física ou métodos militares, execuções em massa incendiando aldeias, explodindo casas e assim em diante. Para um fato é certo, certamente, neste caso a Inglaterra não quer se defender contra um ataque ameaçador árabe, mas como um intruso não convidado, está se esforçando para estabelecer seu poder em um território estrangeiro que não pertence a ela.
Não estou em menos dispostos a permitir que os estadistas estrangeiros para criar uma Palestina segunda aqui mesmo no coração da Alemanha.
Os árabes pobres são indefesos e foram abandonadas por todos.
Os alemães na Tchecoslováquia são inferiores indefesos nem foram abandonados.
Por favor note este fato!

a tradução ta ai não fiko tao boa mais ta ae

Anônimo disse...

Bom eu axo que as pessoas deveriam pesquisar mais as coisas antes de ficar atacando os nazista. A 2º guerra passou Hitler perdeu e os negros tao sofrendo abessa na africa com fome, doenças e tantas e tantas outras pragas que aqueles que vcs ficam defendendo esta causando.Lhes digo tudo acima que vc postou está mto longe de toda materia que eu vi que diz meramente tudo o oposto que a gente aprende na escola e na TV isso não e nda comparado com o que o povo palestino sofre ate hj vc ia chorar se vc visse se quiser eu post umas coisas aqui que contradis toda essa mentirada que inventaram sobre os nazistas. E tem mais eu duvido que vc sábia que Hitler exigiu indepencia para o povo palestino essa foi a epoca que os palestinos chegou mais perto da liberdade pesquisa sobre isso concerteza vc vai achar o discurso que Hitler se opoem contra agreção inglesa comandada pelos os sionistas, para que parem de atacar a palestina!

Vou colocar o discurso abaixo mais por favor procure o video tbm.

Da mesma forma o fato de ter escapado à atenção, obviamente, o Sr. Roosevelt que a Palestina é actualmente ocupado pelas tropas alemãs não, mas pelo Inglês e que o país está passando por restrição de sua liberdade pela brutal maioria reordenar a força está sendo roubado de sua independência e está sofrendo os mais cruéis matreatment para o benefício de intrusos judeu.
Os árabes que vivem nesse país, portanto, certamente não se queixaram ao Sr. Roosevelt da agressão alemã, mas eles estão expressando um apelo constante ao mundo lamentando a métodos bárbaros com que a Inglaterra está tentando suprimir um povo que ama sua liberdade e quer meramente defendê-la.
Isto, também, é talvez um problema que, na opinião do Presidente americano deve ser resolvido na mesa de conferência ou seja, antes de um juiz justo, e não pela força física ou métodos militares, execuções em massa incendiando aldeias, explodindo casas e assim em diante. Para um fato é certo, certamente, neste caso a Inglaterra não quer se defender contra um ataque ameaçador árabe, mas como um intruso não convidado, está se esforçando para estabelecer seu poder em um território estrangeiro que não pertence a ela.
Não estou em menos dispostos a permitir que os estadistas estrangeiros para criar uma Palestina segunda aqui mesmo no coração da Alemanha.
Os árabes pobres são indefesos e foram abandonadas por todos.
Os alemães na Tchecoslováquia são inferiores indefesos nem foram abandonados.
Por favor note este fato!

a tradução ta ai não fiko tao boa mais ta ae.

Anônimo disse...

Bom eu axo que as pessoas deveriam pesquisar mais as coisas antes de ficar atacando os nazista. A 2º guerra passou Hitler perdeu e os negros tao sofrendo abessa na africa com fome, doenças e tantas e tantas outras pragas que aqueles que vcs ficam defendendo esta causando.Lhes digo tudo acima que vc postou está mto longe de toda materia que eu vi que diz meramente tudo o oposto que a gente aprende na escola e na TV isso não e nda comparado com o que o povo palestino sofre ate hj vc ia chorar se vc visse se quiser eu post umas coisas aqui que contradis toda essa mentirada que inventaram sobre os nazistas. E tem mais eu duvido que vc sábia que Hitler exigiu indepencia para o povo palestino essa foi a epoca que os palestinos chegou mais perto da liberdade pesquisa sobre isso concerteza vc vai achar o discurso que Hitler se opoem contra agreção inglesa comandada pelos os sionistas, para que parem de atacar a palestina!
Outra os negros so passaram a ser escravos dps que os sionistas dominaram a europa e passou a controlar os grandes imperios!

Anônimo disse...

Bom eu axo que as pessoas deveriam pesquisar mais as coisas antes de ficar atacando os nazista. A 2º guerra passou Hitler perdeu e os negros tao sofrendo abessa na africa com fome, doenças e tantas e tantas outras pragas que aqueles que vcs ficam defendendo esta causando.Lhes digo tudo acima que vc postou está mto longe de toda materia que eu vi que diz meramente tudo o oposto que a gente aprende na escola e na TV isso não e nda comparado com o que o povo palestino sofre ate hj vc ia chorar se vc visse se quiser eu post umas coisas aqui que contradis toda essa mentirada que inventaram sobre os nazistas. E tem mais eu duvido que vc sábia que Hitler exigiu indepencia para o povo palestino essa foi a epoca que os palestinos chegou mais perto da liberdade pesquisa sobre isso concerteza vc vai achar o discurso que Hitler se opoem contra agreção inglesa comandada pelos os sionistas, para que parem de atacar a palestina!

Vou colocar o discurso abaixo mais por favor procure o video tbm.

Da mesma forma o fato de ter escapado à atenção, obviamente, o Sr. Roosevelt que a Palestina é actualmente ocupado pelas tropas alemãs não, mas pelo Inglês e que o país está passando por restrição de sua liberdade pela brutal maioria reordenar a força está sendo roubado de sua independência e está sofrendo os mais cruéis matreatment para o benefício de intrusos judeu.
Os árabes que vivem nesse país, portanto, certamente não se queixaram ao Sr. Roosevelt da agressão alemã, mas eles estão expressando um apelo constante ao mundo lamentando a métodos bárbaros com que a Inglaterra está tentando suprimir um povo que ama sua liberdade e quer meramente defendê-la.
Isto, também, é talvez um problema que, na opinião do Presidente americano deve ser resolvido na mesa de conferência ou seja, antes de um juiz justo, e não pela força física ou métodos militares, execuções em massa incendiando aldeias, explodindo casas e assim em diante. Para um fato é certo, certamente, neste caso a Inglaterra não quer se defender contra um ataque ameaçador árabe, mas como um intruso não convidado, está se esforçando para estabelecer seu poder em um território estrangeiro que não pertence a ela.
Não estou em menos dispostos a permitir que os estadistas estrangeiros para criar uma Palestina segunda aqui mesmo no coração da Alemanha.
Os árabes pobres são indefesos e foram abandonadas por todos.
Os alemães na Tchecoslováquia são inferiores indefesos nem foram abandonados.
Por favor note este fato!

a tradução ta ai não fiko tao boa mais ta ae

Estuda antes de reclamar. disse...

Antes da Colonização, a áfrica vivia em outra ditadura, e existia racismo entres os zulus, sudaneses, pigmeus etc, um império estava surgindo (no caso do império zulu, que dominou o sul da áfrica até o "chifre" dela)até que os portugueses chegaram e começaram a comprar os escravos do império zulu a preço de chines, e foi assim que surgiu a escravidão mais conhecida do mundo, então não adianta reclamar da ditadura de um país distante se nós não conseguimos acaba com a ditadura entre a gente.
E outra lição que tiraremos disso é que: Nós só veremos iguais uns aos outros se surgi algo diferente de tudo como humano.

Anônimo disse...

Atualmente vivo na Africa (Namibia), trabalhando. Pude observar que ainda uma pequena minoria branca, faz apologia ao nazismo. Infelizmente. Sou negro e brasileiro. E estas manifestacoes deveriam ser extirpadas da face da terra!

David Elias disse...

DERS
Valter; seu trabalho de pesquisa sobre o tema foi bem elaborado e quero lhe parbenizar pelo esmero e coragem em publica-lo. É certo que entre tantos que lerão e leram este artigo muitos se sentirão incomodados; todavia é uma questão de carater. Somos sim, vitimas dos nazistas e isto não tem como negar. Somos tambem, na ancestralidade negra, detentores de dons que nem fazemos idéia, pois a cultura imposta à fogo e ferro para nosso povo tambem teve a finalidade de bloquear tais dons. Um dia serão resgatados, tenha certeza.

David Elias disse...

DERS
Valter; seu trabalho de pesquisa sobre o tema foi bem elaborado e quero lhe parbenizar pelo esmero e coragem em publica-lo. É certo que entre tantos que lerão e leram este artigo muitos se sentirão incomodados; todavia é uma questão de carater. Somos sim, vitimas dos nazistas e isto não tem como negar. Somos tambem, na ancestralidade negra, detentores de dons que nem fazemos idéia, pois a cultura imposta à fogo e ferro para nosso povo tambem teve a finalidade de bloquear tais dons. Um dia serão resgatados, tenha certeza.

Anônimo disse...

Vítimas? Leiam um pouco mais sobre o assunto:

http://www.amazon.com/Black-Nazis-Veronica-Clark/dp/1934703516

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog

Anônimo disse...

Mais uma mentira judaica!

Anônimo disse...

Post uito bem feito! Até mesmo a parte que cita "caucasianos", visto que muitos europeus e americanos acreditam que caucasianos são apenas brancos germânicos. Fato que muitos caucasianos judeus e eslavos foram mortos por Hitler, mas os negros tiveram toda uma carga de sofrimento somada a isso, e acho que o sofrimento dos negros é comparável sim ao dos palestinos, pois é uma raça sem reconhecimento necessário! Tenho sangue negro,europeu e indígena como todo brasileiro característico, e digo que a influência negra é muito importante em nossa sociedade! Eles mantiveram de forma triste a economia de nosso país por mais de 300 anos! E que brasileiro não cochila, não cochicha,não tem chamego ?

Paulistano disse...

Excelente artigo!

PRETAS POESIAS

PRETAS POESIAS
Poemas de amor ao povo preto: https://www.facebook.com/PretasPoesias